Portal Espirita
 
   Portal Espirita L.E.M.A.
    Legião Espiritual e Material de Ajuda
    Desde Janeiro de 2000

 


Membros
      Mapa   Mapa
 
Mensagens
TheLiberator
 
Relato aqui a descrio das dores de Jesus feita por um grande estudioso
francs, o mdico Dr. Barbet dando a possibilidade de compreender realmente
as dores de Jesus durante a sua paixo.

"Eu sou um cirurgio, e dou aulas h algum tempo. Por treze anos vivi em companhia de cadveres e durante a minha carreira estudei a fundo anatomia. Posso, portanto escrever sem presuno".



01.Jesus entrou no Getsmani - escreve o evangelista Lucas - orava mais intensamente. "E seu suor tornou-se como gotas de sangue a escorrer pela terra" (Lc 22,44). O nico evangelista que relata o fato um
mdico, Lucas. E o faz com a preciso de um clnico. O suar sangue, ou "hematidrose", um fenmeno rarssimo. Se produz em condies excepcionais: para provoca-lo necessrio uma fraqueza fsica, acompanhada de um abatimento moral violento causado por uma profunda emoo, por um grande
medo. O terror, o susto, a angstia terrvel de sentir-se carregando todos os pecados dos homens devem ter esmagado Jesus. Tal tenso extrema produz o rompimento das finssimas veias capilares que esto sob as glndulas sudorparas, o sangue se mistura ao suor e se concentra sobre a pele, e ento escorre por todo o corpo at a terra.

02.Conhecemos a farsa do processo preparado pelo sindrio hebraico, o envio de Jesus a Pilatos e o desempate entre o procurador romano e Herodes (Lc 23, 1-12). Pilatos cede, e ento ordena a flagelao de Jesus (Lc 23, 14-25). Os soldados despojam Jesus e o prendem pelo pulso a uma coluna do ptio. A flagelao se efetua com tiras de couro mltiplas sobre as quais so fixadas bolinhas de chumbo e de pequenos ossos (Mt 27, 27-31). Os carrascos devem ter sido dois, um de cada lado, e de diferente estatura. Golpeiam com chibatadas a pele, j alterada por milhes de microscpicas hemorragias do suor de sangue. A pele se dilacera e se rompe; o sangue espirra. A cada golpe Jesus reage em um sobressalto de dor. As forcas se esvaem; um suor frio lhe impregna a fronte, a cabea gira em uma vertigem de nusea, calafrios lhe correm ao longo das costas. Se no estivesse preso no alto pelos pulsos, cairia em uma poa de sangue.

03.Depois o escrnio da coroao (Mt 27, 29). Com longos espinhos, mais duros que aqueles da accia, os algozes entrelaam uma espcie de capacete e o aplicam sobre a cabea. Os espinhos penetram no couro cabeludo fazendo-o sangrar (os cirurgies sabem o quanto sangra o couro cabeludo).

04.Pilatos, depois de ter mostrado aquele homem dilacerado multido feroz, o entrega para ser crucificado (Mt 27, 32; Lc 23, 26). Colocam sobre os ombros de Jesus o grande brao horizontal da cruz; pesa uns cinqenta quilos. A estaca vertical j est plantada sobre o Calvrio. Jesus caminha com os ps descalos pelas ruas de terreno irregular, cheias de pedregulhos. Os soldados o puxam com as cordas. O percurso, de cerca de 600 metros. Jesus, fatigado, arrasta um p aps o outro, freqentemente cai sobre os joelhos. E os ombros de Jesus esto cobertos de chagas. Quando ele cai por terra, a viga lhe escapa, escorrega, e lhe esfola o dorso.
05.Sobre o calvrio tem inicio a crucificao. Os carrascos despojam o condenado, mas a sua tnica est colada nas chagas e tira-la atroz. Alguma vez vocs tiraram uma atadura de gaze de uma grande chaga? No
sofreram vocs mesmos esta experincia, que muitas vezes precisa de anestesia? Podem agora vos dar conta do que se trata. Cada fio de tecido adere carne viva: ao levarem a tnica, se laceram as terminaes nervosas
postas em descoberto pelas chagas. Os carrascos do um puxo violento. Como aquela dor atroz no provoca uma sncope? O sangue comea a escorrer. Jesus deitado de costas, as suas chagas se incrustam de p e pedregulhos. Depositam-no sobre o brao horizontal da cruz. Os algozes tomam as medidas. Com uma broca, feito um furo na madeira para facilitar a penetrao dos pregos; horrvel suplcio! Os carrascos pregam um prego (um longo prego pontudo e quadrado), o apiam sobre o pulso de Jesus, com um golpe certeiro de martelo o plantam e o rebatem sobre a madeira. Jesus deve ter contrado o rosto assustadoramente. No mesmo instante o seu plice (dedo polegar), com um movimento violento se posicionou opostamente na palma da mo; o nervo mediano foi lesado.

Pode-se imaginar aquilo que Jesus deve ter provado; uma dor lancinante, agudssima, que se difundiu pelos dedos, e espalhou-se, como uma lngua de fogo, pelos ombros, lhe atingindo o crebro. Uma dor mais
insuportvel que um homem possa provar, faz perder a conscincia. Em Jesus no. Pelo menos se o nervo foi destrudo s em parte: a leso esticar fortemente como uma corda de violino esticada sobre a cravelha. A cada
solavanco, a cada movimento, vibrar despertando dores dilacerantes. Um suplcio que durar trs horas.

O carrasco e seu ajudante empunham a extremidade da trava; elevam Jesus, colocando-o primeiro sentado e depois em p; conseqentemente fazendo-o tombar para trs, o encostam na estaca vertical, depois
rapidamente encaixam o brao horizontal da cruz sobre a estaca vertical. Os ombros da vtima esfregaram dolorosamente sobre a madeira spera. As pontas cortantes da grande coroa de espinhos o laceram o crnio. A pobre cabea de Jesus inclinou-se para frente, uma vez que a espessura do capacete o impedia
de apoiar-se na madeira. Cada vez que o mrtir levanta a cabea, recomeam pontadas agudssimas.

Pregam-lhe os ps. Ao meio-dia Jesus tem sede (Jo 19, 2. No bebeu desde a tarde anterior. As feies so impressas, o vulto uma mscara de sangue. A boca est semi-aberta e o lbio inferior comea pender.
A garganta, seca, lhe queima, mas ele no pode engolir. Tem sede. Um soldado lhe estende sobre a ponta de uma vara, uma esponja embebida em gua cida, em uso entre os militares (Jo 19, 29). Tudo aquilo uma tortura atroz. Um estranho fenmeno se produz no corpo de Jesus. Os msculos dos braos se enrijecem em uma contrao que vai se acentuando: os deltides, os bceps esticados e levantados, os dedos se curvam. Se diria um ferido atingido de ttano, presa de uma horrvel crise que no se pode descrever. A isto que
os mdicos chamam tetania, quando os sintomas se generalizam: os msculos do abdmen se enrijecem em ondas imveis, em seguida aqueles entre as costelas, os do pescoo, e os respiratrios. A respirao se faz, pouco a pouco mais curta. O ar entra com um sibilo, mas no consegue mais sair. Jesus respira com o pice dos pulmes. Tem sede de ar: como um asmtico em plena crise, seu rosto plido pouco a pouco se torna vermelho, depois se transforma num violeta purpreo e enfim em ciantico.

Jesus atingido pela asfixia, sufoca. Os pulmes cheios de ar no podem mais esvaziar-se. A fronte est impregnada de suor, os olhos saem fora de rbita. Que dores atrozes devem ter martelado o seu crnio! Mas o que acontece? Lentamente com, um, esforo sobre-humano, Jesus tomou um ponto de apoio sobre o prego dos ps. Esforando-se a pequenos golpes, se eleva aliviando a trao dos braos . Os msculos do trax se distendem. A respirao se torna mais ampla e profunda, os pulmes se esvaziam e o rosto recupera a palidez inicial.

Porque este esforo? Porque Jesus quer falar: "Pai, perdoa-lhes porque no sabem o que fazem" (Lc 23, 34). Logo em seguida o corpo comea afrouxar-se de novo, e a asfixia recomea. Foram transmitidas sete frases
pronunciadas por ele na cruz: cada vez que quer falar, dever elevar-se tendo como apoio o prego dos ps, inimaginvel!

Enxames de moscas, grandes moscas verdes e azuis, zunem ao redor do seu corpo; irritam sobre seu rosto, mas ele no pode enxot-las.

Pouco depois o cu escurece, o sol se esconde: de repente a temperatura abaixa. Logo sero trs horas da tarde. Jesus luta sempre: de vez em quando se eleva para respirar. A asfixia peridica da vtima que est destroada. Uma tortura que dura trs horas. Todas as suas dores, a sede, as cibras, a asfixia, o latejar dos nervos medianos, lhe arrancam um lamento: "Meu Deus, meu Deus, porque me abandonastes?" (Mt 23, 46; Sl 21, 2). Jesus grita: "Tudo est consumado!" (Jo 19, 30). Em seguida num grande brado disse: "Pai, nas tuas mos entrego o meu esprito"
(Lc 23, 46). E morre.

"Ele fez tudo isso por amor a voc!

E voc, o que faz por ele?!?"
Dr. Barbet

 Por outro lado

Copyright imagem: Gilbert Williams


 Comentários antigos (Total: 28 )

Eu agradeceria muito mesmo receber comentarios sobre o motivo pelo qual Jesus pronunciou as palavras: "Meu Deus, meu Deus, porque me abandonastes?"

Muito obrigado
Pedro Silva 


Caro Pedro. Paz e Luz.
Cristo como sendo nosso irmão igual e semelhante, mesmo dotado de toda a sua evolução j a dois mil anos passados, também teve seu momento de dvida.
Face a dor extrema e desespero certamente questionou a proteção do seu Pai.
Da mesma forma que pediu a ele que afastasse o clice do sofrimento.
Mesmo ai, creio eu, Deus nos deixou bem claro que somos parte dele e consequentemente candidatos a Deus no devido tempo com a devida evolução, pois nestas palavras entendo que a proposta da igualdade ficou ratificada de forma bem clara.
Deixo claro que esta é somente minha opinião baseada nos ensinamentos dos mentores e no conhecimento da codificação.
Gostaria da opinião também dos demais para que possamos obter uma definição mais abrangente.
Abraço.
**Lando**


Jesus naquele momento levava TODOS os pecados da humanidade, os passados, os presentes e os do futuro. A mxima representação do pecado se fez presente naquele intante; presença do pecado era tão forte que Deus Pai por alguns segundos afastou-se do Filho, pois Deus Pai não consegue conviver com o pecado. Jesus sentiu naqueles segundos o afastamento do Pai, por isso proferiu tais palavras.

Esta é minha opinião baseado no que estudei em Teologia e Novo Testamento

Abraços Tony


A DOR DE JESUS - Ninguém é mais apto a descrever o cenrio da crucificação de Jesus do que um médico. Dr. Barbet tomou por base o evangelho de Lucas que era também um médico. Então, nas anlises feitas impera a sincronia nos fatos observando o lado cientfico do episdio, embora, não sei se Dr. Barbet assistiu o filme "Paixão de...", porque eu não assisti. Mas, ouvi comentrios sobre o filme que intenções de reafirmação de fé continham na fita sobre o item "sangue" com certo exagero a fim de impressionar os fiéis.

         Na face religiosa do drama, a questão de Pedro Silva - "Meu Deus, Meu Deus, porque me abandonastes?", citação do evangelho de Mateus conectada com os Salmos, (Mt 23, 46; Sl 21, 2). No evangelho de Mateus, essa modalidade de citações é freqüente para dar base ao messianismo que eu, particularmente não acredito em nenhuma delas. Os evangelhos foram escritos muitas décadas aps a morte de Jesus, e, isso prova a repercussão de todos os fatos sobre a vida de Jesus, porque interesse houve na elaboração de documentos conforme estilo literrio da época para sustentação da doutrina.   Desse grande interesse de se escrever sobre Jesus, reservado aos quatro evangelhos além do livro Atos dos Apstolos, muitas narrativas não canônicas foram intencionalmente rejeitadas (apcrifos), porque Paulo de Tarso como vertente principal do Cristianismo despertou tal interesse de muitos, inclusive do Império Romano. Adiante a minha concepção dessa frase no extremo desespero do crucificado: "Meu pai, meu pai, porque me abandonastes?" Seria bom, isso é pouco, digo, inteligente, as pessoas lerem também os apcrifos no que se diz a respeito da vida de Jesus e investigar a fundo, embora eles também sofressem adulterações para atender interesses de virgindade. Não acredito nesse artifcio do "esprito santo" ser pai de Jesus. Ele teve um pai tal como todo mundo. Se o pai dele não podia ser revelado, isso era problema da famlia. Muita cautela a respeito da palavra "Pai" nos evangelhos. Esse tipo de informação seria antiético aqui expor neste breve comentrio, pois s a mim ela pertence por enquanto. 

  Li a obra "Cdigo da Vinci". O autor não est errado ao dizer que o célebre pintor não acrescentou ao quadro da "Santa Ceia" o "Clice grande" contendo todo o vinho a ser distribudo em treze copos aos convivas. Depois de servido o vinho Jesus disse "Meu pai, afaste este clice de mim", então o pai de Jesus retirou da mesa a Jarra. Leonardo da Vinci sabia de alguma coisa e para exprimir a verdade não pintou o Clice. Don Brown preocupado com descrição do quadro nem se atinou em casa de quem estava sendo realizada a pscoa, nem os textos canônicos dizem alguma coisa. Por quê? Porque não interessava mencionar a casa do anfitrião e seu nome. O pai de Jesus era uma celebridade da época. Cala-te boca. J fui longe demais e espero ter colaborado. 

Agradeço,
Jurandir Pereira


Seu Pereira, é no mnimo hilrio seu comentrio. Voce deve ser daqueles prolxos que consegue escrever 1.000 palavras e nada dizer...Pelo seu comentrio, percebe-se que   o verniz de sua sabedoria é muito fino. Ou falando de forma bem popular, voce viu a galinha cantar mas não sabe onde est o ovo .

Assim vejamos: o fato de Lucas tambem ser médico, é um fato muito relativo, pois médico naquela época era nada mais que um fazedor de frmulas, uma especie de pagé das nossas tribos e nada entendiam de anatomia e muito menos de glândulas sudorparas ou vasos sanguineos, na verdade a dissecação de cadveres somente começou a partir do século XVIII (isto significa dezoito) na faculdade de medicina da França e o 1º tratado sobre Anatomia é de um emérito professor dessa faculdade chamado Testut.

Voce conseguiu conectar (algum novo provedor da internet?) o Evangelho de Mateus com os Salmos...e pior voce conseguiu ampliar o Evangelho de Mateus, pois no meu, Mt23, termina no versculo 39 e voce tem até o versculo 46 !!! Me manda o resto que estou louco pra conhecer essa parte que me falta !

 Mas realmente o Salmo21,2 esta bem claro e quem sabe lhe faz acreditar na veracidade do momento: Cumpriste-lhe o desejo de seu coração (Pai afasta de mim esse clice...ou ainda: Por que me abandonastes?) e atendestes as splicas de seus lbios...  Veja Seu Pereira, os Salmos foram escritos alguns séculos antes de Jesus vir ao mundo....."bid" o Salmista não ? Não prefere cham-lo inspirado pelo Espirito Santo?

Na sua segunda afirmativa, em que diz "eu  não acredito nisso" (então por que comenta?) Oh Seu Pereira !!! Realmente os Evangelhos foram escritos alguns anos depois, e para que voce se ilustre um pouco mais o de Marcos cerca de 30 anos depois e o de João (que era chamado de João Marcos e que foi o nico evangelista que conheceu Jesus, pois era irmão de Marta e Maria e era seu discpulo predileto) cerca de 60 anos depois.

A Constituição apostlica Dei Verbum, do Vaticano II, diz; "A santa Mãe Igreja, segundo a fé apostlica, tem como sagrados e canônicos os livros completos tanto do Antigo como do Novo Testamento, com todas as suas partes, porque, escritos  sob a inspiração do Esprito Santo, eles têm Deus como Autor e nesta sua qualidade foram confiados à Igreja" (DV,11).

Quanto aos "apcrifos" podem até ter algo de verdadeiro, mas não foram ainda aprovados pela nação cristã, pois h necessidade de mais provas para tal comprovação. Agora do fato mais  importante voce esquece !!! 

UM HUMILDE CARPINTEIRO QUE VIVEU H 2.000 ANOS ATRS, NASCIDO NA MAIS HUMILDE CIDADE DA JUDEIA (Nazaré) , CAMINHOU A P DURANTE apenas 3 ANOS, PREGANDO EXATAMENTE AQUILO QUE OS PODEROSOS ODIAVAM: O AMOR ENTRE OS HOMENS E O AMOR AOS HUMILDES; ESSE CARPINTEIRO FOI ASSASSINADO PELA MAIS VERGONHOSA MANEIRA: CRUCIFICADO.....E NO ENTANTO SEM JAMAIS TER ESCRITO UMA S PALAVRA, NEM MESMO UM BILHETE, SUA MENSAGEM CHEGA AT NS DA FORMA MAIS CLARA E MARAVILHOSA POSSIVEL, ABSOLUTAMENTE ATUAL ........S ISTO NÃO LHE FAZ PENSAR QUE ALGO DE SOBRENATURAL EXISTE ?

 Seu Pereira, TENHA O BOM SENSO DE PELO MENOS REFLETIR....QUEM TROUXE ESSAS MENSAGENS AT NS?   Com certeza não são fofcas passadas de mãe para filha...ALGUM ESPIRITO DA VERDADE, NÃO ACHAS ? POSSO CHAM-LO DE ESPIRITO SANTO ? VOCE ME PERMITE ?

FINALMENTE VOCE SE REFERE AO CDIGO DE DA VINCI, COMO SE FOSSE A MAIOR OBRA LITERARIA DE TODOS OS TEMPOS....DESCULPE.....(Muitos risos :KKKKKKK)....que histria complicada não? Tinha um clice grande contendo todo o vinho...pra ser distribuido ..t !  depois foi servido o vinho e Jesus disse :Pai afaste esse clice de mim....(ser que Ele percebeu que o vinho trava azedo ?) e então o pai de Jesus retirou da mesa a jarra...(não era um clice grande?) ( mas o Pai de Jesus , S.Jose, não morreu quando ele tinha 16 anos, de uma queda do andaime? Então foi o espirito de Jose que veio dar uma de Garçon da Santa ceia e tirar a Jarra? ser que deram gorjetas pra ele? Quem sabe Judas deu uma das 30 moedas que recebeu, não?) Olha que isso daria uma boa comedia para o Mel Brooks !!!! kkkkk

Seu Pereira, o Don Brown tem muuuiiiiita imaginação,   tanta quanta Julio Verne, ou Arthur Conan Doyle, mas nem por isso vou escrever cartinhas para Fidias Fogg pedindo cartões postais de vistas de seu balão, ou consultar sobre quem roubou meu queijo, para Sherlock Holmes e muito menos fazer consultas médicas com o Dr. Watson....tenha paciencia moço....acordaaaaa 

Ah ! A propsito, Quando Jesus disse as palavras : "Pai , se possivel afasta de mim este clice; no entanto não seja com eu quero, mas como Tu queres."( MT 26,39) Ele estava no Jardim do Getsêmani e não na mesa da ceia como voce afirma e o clice não era de vinho, mas uma figura simblica de um clice amargo de fel, pois Jesus sabia o que o esperava!!!!

Resumindo: Se continuar ignorar as verdades da fé voce vai direitinho para o inferno...ACEITA JESUS COMO TEU SALVADOR PESSOAL !!!! ELE MORREU POR MIM E POR TI !! PROCURE-O ENQUANTO TEMPO...ELE TE AMA


LTIMO COMENTRIO - Li seu comentrio. Sem objetividade, mas é o que se tem disponvel. Creio quando se fala sobre Jesus, - a maior inteligência que j esteve na face da Terra - certa seriedade deva ser considerada e não é de minha formação cultural dar risadas via e-mail com ares de gozação ou de desprezo. Isso para mim é “prolixidade”, pois a palavra “PROLXOS” (com acento) não se encontra em nenhum dos dicionrios conhecidos. Então, elimino aqui agora esse joio de meu Trigo e o atiro (pro-lixo).
         Concordo, eis que na atualidade o relativismo prospera. Portanto, para tudo e para todos tudo é relativo. Veja bem! Lucas, médico da época como você mesmo disse, escreveu o seu evangelho sobre a vida de Jesus. O que eu não consigo entender é certas pessoas quererem incutir na minha mente que eu acredite totalmente em escritos realizados por uma espécie de “fazedor de frmulas” parecido com “pagé”, lembre-se meu amigo, adquira mais um pouco de conhecimento, pois “pajé” se escreve com jota. Assim torna-se muito difcil acreditar em escrituras trasladas por espécie de “curandeiros” “benzedor” ou em algum “medicastro”.
         Concordo contigo. Todo ser humano é suscetvel a erro. Quis dizer sobre: (Mt 27.46) – “”Eli, Eli, lem sabactâni”, ou seja, “Deus meu, Deus meu, por que me abandonastes?”. Porém, o que importa é a idéia ou profecia e não o endereço certo onde ela est. Referência também contida no Salmo 22.1 na minha Bblia, repito, feita por Mateus para justificar o messianismo. Agora, se você quiser me convencer do messianismo de Jesus, venha por outro caminho por que este est impedido na minha consciência. Acredito ser Jesus o Messias, mas não da forma que muitos concebem. um direito meu pensar assim e não forço a ninguém assim acreditar.
         Outra expressão que não me faz convencido. “A santa Mãe Igreja”. Ser que em venda de salvação (indulgência), cruzadas, fogueiras, adulteração de documentos considerados sagrados reveste-se de alguma santidade? S a ignorância não vê isto. Antigamente, charlatão escrevia livro e os incautos de agora acreditam ser inspirado pelo esprito santo. Quanto aos “apcrifos” podem até ter algo de VERDADEIRO como você mesmo disse. Por isso, expurgaram esses documentos porque neles continha a Verdade. Outra coisa que não entendo é que a Verdade precisa ser aprovada. Verdade é sempre Verdade em qualquer época e lugar e não necessita de ser aprovada por nenhuma nação, pois, a Verdade tem vida em Si mesma.
         Eu também caminhei a pé seis anos todos os dias da semana, menos o domingo, para trabalhar junto com meu pai, e, além disso, nesse tempo estudei a finco, principalmente lngua portuguesa e recebi em meu lar e escolas posteriores, instruções de ética e comportamento diante de qualquer comunicação, seja oral ou escrita para com os meus semelhantes. J que Jesus não escreveu nenhuma palavra, pois, tenho certeza, que as palavras que ele não disse agora estou escrevendo-as e muitas outras pessoas nesse mundo também estão fazendo o mesmo.
         Outro dado importante encontrei na sua missiva eletrônica. Trata-se da palavra “Sobrenatural”. S mesmo indivduos destitudos de conhecimento têm condições de acreditar nesse suposto fenômeno. Nada h de extraordinrio na natureza, tudo se encandeia nas Leis Naturais do Universo, fundamentadas pelo nosso Criador. Não digo que as mensagens de Jesus chegaram até ns pela via das “fofcas” (com acento), também não encontrei esta nos dicionrios. Porém, as suas mensagens de Jesus que me alcançaram, foram as constitudas de Verdade e de coerências, e, não aquelas impregnadas de lendas, superstições e outros meios de misticismos.
         Eu admiro as pessoas cultas, mas não as venero e nem adoro. Vejo em Dan Brown, autor de o “Cdigo da Vinci” um homem inteligente, certamente adquiriu seus conhecimentos freqüentando escolas, coisas que muita gente não faz e quer impor sua ignorância pelo mundo afora. Para mim, José nunca foi pai de Jesus e nem Jesus foi filho de esprito santo. Novamente vejo em seu comentrio outra palavra inexistente nos dicionrios: “Garçon” com “ene” no final. S mesmo em sua linguagem primitiva poderia encontrar coisas desse gênero. Sua lngua deve estar bem “azeda” igual ao vinho que você descreveu.
          Ah! A propsito, Quando Jesus disse as palavras: "Pai, se possvel afasta de mim este clice; no entanto não seja com eu quero, mas como Tu queres (MT 26.39)”. Estas linhas eu copiei de seu comentrio. desta forma que muitas mentes estão ludibriadas. Retiraram um versculo do livro de João e colocaram no livro de Mateus. Isto foi feito para excluir a verdade que tinha na reunião da pscoa e a puseram no Getsêmani. Esse texto est totalmente sem nexo no lugar que ele atualmente est. Deveria estar no livro de João e no seu lugar de origem, no devido captulo. Não discuto coisas “simblicas” como você mesmo disse. Eu vejo o Simbolismo de outra forma, com outros olhos, com os olhos da inteligência.  
         Meu amigo Tony! Não vou para o inferno coisa nenhuma. Como haverei de ir para um lugar que não existe? S mesmo na sua cabecinha destituda de massa enceflica que existe o tal de inferno, certamente com seus caldeirões fervendo para cozinhar os cérebros deformados. Eu não construo pelo meu pensamento a existência do inexistente. Parece-me, se não me engano, você é um catlico fervoroso e foram eles que construram seu prprio inferno em suas mentes atrasadas. Se você for catlico, faça semelhante ao Pontfice, pois, João Paulo II reconheceu a inexistência do inferno e considerando que se trata de “Estado de Esprito” da pessoa e não um lugar com fogo eterno inculcado nas mentes dos indispostos a estudarem a histria humana. Não sou formado em Teologia, mas j freqüentei bancos da escola da vida e não tenho qualquer inveja de alguém cursado em Teologia, que é apenas um tratado e não uma ciência, alis, nesses tratados de Teologia, a maioria dos inteligentes não lhes presta créditos.
         Aqui me despeço, pois j ocupei demais o meu precioso tempo e jamais vou perdê-lo envolvido com tanta ignorância e seus adjetivos correlacionados.
Jurandir Pereira

PECADO – Postado em A DOR DE JESUS – Tony – 12.03.06 – Pecado é uma ilusão. Esta idéia (errônea) assume vrias formas de expressão: a mais relevante é a falta de conhecimento de muitos irmãos, razão pela qual eles têm a ilusão do pecado. Um dos fermentos que nutre a massa de supostos pecadores é o dogmatismo que domina essas pueris consciências humanas. Muitos espritos ainda na fase infantil e na posse de um corpo humano, quem sabe pela primeira vez, não dispõe de uma estrutura a contento de discernir o que é a liberdade propriamente dita, pois, nele impera velhos hbitos de sua ltima fase animalesca independente de sua posição social. São dignos de compaixão e o reconhecimento de seus irmãos mais experientes.
         Jesus, por ser uma inteligência de alto nvel, disposto bussolar os rumos da degradante sociedade de sua época, despertou-se pela fundação do Reino de Deus em benefcio do povo de sua raça. Pelo fato de a elite manipular todo o desenvolvimento poltico e religioso da nação, s restava para Jesus a classe menos favorecida, os pobres de espritos e outros. Nas suas movimentações pela região se fez conhecer os estatutos da nova Doutrina - o Reino de Deus – com desdobramentos totalmente diversos da Lei Mosaica. Muitas ideologias lideradas por descontentes com a situação reinante circulavam dentre o povo: o zelotismo, a escola de João Batista, a escola de Tomé e o Reino de Deus comandado por Jesus. Com o assassinato de João Batista, seus seguidores se aliaram ao movimento de Jesus. O lder Tomé, alcunhado de descrente vivia a contestar as idéias do Nazareno, porém, com habilidade diplomtica de Jesus uma aliança se concretizou e todos os aliados de Tomé se afluram ao Reino de Deus e o movimento se tornou expressivo.
         Por ser um lder de alta periculosidade ao sistema vigente, Jesus foi processado e sentenciado a um castigo diferenciado e depois à crucificação. Pela via do martrio o acontecimento assinalou uma guinada na Histria com base na forma de como coloriram o seu sofrimento. Jesus morreu por um ideal e não por pecados alheios do passado, do presente e, ainda mais por pecados futuros de quem quer que seja. Sendo assim, posso pecar à vontade e pedir o perdão e assunto liquidado. Isso é um sonho impossvel para a minha cabeça que assumiu o conceito de ser o responsvel pelos meus prprios atos. Tenho uma concepção de que o Criador jamais nos abandona por que uma fração Sua est dentro de ns. Por isso, não me inspira a fé de que o Criador em momento algum desamparou (Jesus) o condenado pela lei humana.
         Deveras intrigante é o nvel racional que h em muitas mentes subordinadas a princpios duvidosos, principalmente naqueles que estudam Teologia e nada entende de Leis Imutveis do Universo estabelecidas pelo Criador. Quando a evolução tiver tido tempo suficiente para ajudar a progredir essas mentes, a ilusão do pecado desaparecer.
Deus nos acompanha sempre e agradeço,
Jurandir Pereira Costa.

Eu não estudo Teologia mas leio muito sobre coisas afins, gostaria apenas de deixar uma mensagem para as pessoas que estão sempre em contradição no que diz respeito a visão dos acontecimentos antigos ligados à religião. Estamos sempre voltados para o entendimento da causa que nos faz estarmos neste mundo, cada um acredita em algo e tem aquilo como verdade, tudo baseado numa compreensão inteligente durante a passagem de nossas vidas. Apesar de contraditrio eu acredito que todos os comentrios acima são corretos, dentro da vivência e da experiencia de cada comentarista. A minha mensagem é uma proposta para todos se assim quizerem - AMOR,COMPREENSÃO E RESPEITO- precisamos entender que somos diferentes uns dos outros, a nvel cultural, comportamental, social,fisiolgico, mental, espiritual(ou qualquer outro conceito que transcenda a matéria). Somos diferentes e temos que passar a tentar conviver com estas diferenças, ninguém é de todo certo e nem de todo errado, somos seres humanos que muitas vezes, orientados por uma religião ou doutrina, tentamos viver, entender e transcender esta nossa vivência humana, achando que sabemos tudo, ou que aquilo que ns sabemos é verdade absoluta, e com isso passamos a atacar,desacreditar ou modificar o outro, com base em nossas prprias verdades.Repito que não estou desacreditando nenhuma possição apresentada acima, digo apenas que são experiencias e entendimentos particulares, intrinsecos, que não podem ser compartilhados. Quando desacreditamos opniões(não lembro se tem i ou não) ou visões diferentes das nossas a nvel de religião, e cada vez mais nos esforçamos em ratificar as nossas, acabamos por trilhar um caminho inverso das nossas prprias convicções, principalmente no que diz respeito a AMOR - conceito tão ligado a CRISTO - , pois de duas uma ou conseguimos convencer a pessoa a mudar sua visão e assim ela faz o que ns queremos e não o que ela quer - conceito egosta - , ou nos afastamos desta pessoal pela falta de compatibilidade. Isto independente de estarmos certos ou não, se eu estiver certo nas minhas convicções ela nunca ir COMPARTILHAR do meu entendimento, ela ir acreditar pelo que eu disser e não pelo que sinto. Então podemos concluir que - DESACREDITAR UM FATO MESMO QUE ELE ESTEJA ERRADO E QUERER QUE A PESSOA QUE CRÊ NAQUILO SIGA O QUE CORRETO NÃO NOS UNI, SOMENTE NOS AFASTA E NOS CEGA CADA VEZ MAIS.

O AMOR, A COMPREENSÃO E O RESPEITO O QUE NOS UNI E NÃO O QUE NS TEMOS COMO VERDADE, PRINCIPALMENTE NO CAMPO DA RELIGIÃO, CONCEITO QUE EST TÃO LIGADO AS NOSSAS CRENÇAS E VALORES, POR ISSO AMEM, COMPREENDAM E RESPEITEM O OUTRO DE VERDADE, DO FUNDO DO CORAÇÃO, INDEPENDENTE DE QUEM SEJA, ESTA A MINHA "VERDADEIRA VERDADE"

Esta mensagem não é baseada especificamente em nada lido, é apenas uma visão introspectiva bem subjetiva e particular com base em minhas reflexões a cerca do mundo em todos os planos e do comportamento das pessoas.  


COMO INFORMA NOSSO CODIFICADOR ALLAN KARDEC EM O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO, PRECISAMOS SABER QUE MUITAS PALAVRAS NÃO FORAM DITAS POR JESUS.PUSERAM-LHE NA BOCA ESSA EXPRESSÃO, QUE CONTRARIA TUDO O QUE ELE HAVIA AFIRMADO ANTERIORMENTE.

QUANDO, POR EXEMPLO, DISSE QUE "ANTES QUE O MUNDO FOSSE(CRIADO), EU J ERA(PERFEITO)".ORA, SE J ERA PERFEITO ANTES QUE O MUNDO FOSSE ENTREGUE A ELE, COMO SE SENTIR ABANDONADO?.E AQUELA OUTRA AFIRMATIVA:"EU E MEU PAI SOMOS UM!". PODE ALGUM QUE "UM" COM O PAI SENTIR-SE ABANDONADO? E AS PREVISÕES QUE ELE FEZ SOBRE O SEU SACRIFCIO? ELE J SABIA QUE TUDO IA SE DAR CONFORME AS ESCRITURAS.

PORTANTO, ESSAS PALAVRAS"PAI PORQUE ME ABANDONASTE", NÃO FORAM DITAS POR JESUS. O QUE NOS MOSTRA O RACIOCNIO E A COMPREENSÃO DA GRANDEZA DO MESTRE.ENTÃO, QUEM AS DISSE?.

ACREDITAMOS QUE TENHA SIDO O CHAMADO "BOM LADRÃO", DENOMINADO DIMAS.JESUS LHE PROMETERA QUE ELE, DIMAS, UM DIA ESTARIA COM O MESTRE NO PARASO.PERCEBENDO A PARTIDA DE JESUS, SENTIU-SE ABANDONADO E AS DISSE, REFERINDO-SE A JESUS.QUEM OUVIU, NO TUMULTO DOS ACONTECIMENTOS PENSOU QUE JESUS AS HAVIA PRONUNCIADO.PREFERIMOS ASSIM ATRIBUIR A DIMAS A AUTORIA DO PRONUNCIAMENTO.AGUARDEMOS QUE OUTROS ESCLARECIMENTOS HISTRICOS POSSAM SER APRESENTADOS PELOS ESPRITOS SUPERIORES PARA MELHOR DEFINIRMOS A QUESTÃO.

*EXTRADO DO JORNAL MENSAGEM ESPRITA, RESPOSTA DO CONFRADE FELIPE SALOMÃO.

UM ABRAÇO DA AMIGA MARTA.


Jesus sabia que iria morrer por ns.Bendito seja o seu nome por todos os séculos Amen. La Salete

Observei alguns comentrios afirmando que na crucificação de Jesus de Nazaré, ele levava todos os pecados do mundo. Pecados do passado, do presente e do futuro. Ser assim mesmo? E se pensarmos na possibilidade de outra interpretação? Que Jesus de Nazaré exemplificava que para cada missao h um sacrifcio, e que o dele foi supremo? Ele assumiu nascer e demonstrar sua angelitude, elevando a vida de muitos que conviveram com ele, oportunizando pessoalmente, para muitos, a libertação pela cura do corpo e das almas. Mostrou que é possvel amar sem buscar ser amado e que h um sentido libertador nisso. Isso lhe custou uma morte infamante, com sofrimentos que nao correspondiam a uma necessidade da lei de causa e efeito. Mas que seria isso a paga momentanea que receberia por descer em meio as necessidades humanas para ensinar a salvação interior das criaturas. Quanto aos pecados humanos, ´cada um carregue a sua cruz´. A cruz dele, ele a carregou por motivos diferentes daqueles motivos que cada um de ns carregar a prpria cruz. Sendo assim, a ninguém ser dado viver pelo bem sem sacrifcio. Esta é a lição. O bem exigir sacrifcios de qualquer um, inclusive dele. Nossos pecados sao nossos, nao tenhamos medo do sacrifcio, pois vale a pena libertar-se. Lembremos que um dia aps a crucificação, j estava Jesus em paz, sendo avistado prximo ao tmulo. Quem de ns conseguiria estar em paz tao rapidamente? que Jesus sofreu os suplcios perdoando. E talvez mesmo ele, Jesus, tenha tido um aprendizado ao perguntar porque Deus o tinha abandonado. H momentos em nossa dor, em que sentir-se sozinho tem um grande significado: Deus sabe que podemos ser vitoriosos e nos deixa ss para que vibre de ns a luz que podemos brilhar. Ele nos abandona à nossa prpria luz, pois é tempo de nossa luz brilhar. Abandonando-nos, Deus participa mais uma vez de nossa libertação. O respeito que Deus tem pelo nosso livre-arbtrio é imenso e se manifesta até nos momentos em que sentimos o abandono absoluto - entao, se soubermos aprender a lição, seremos mais ns mesmos aps a passagem da dor. E teremos mais paz do que antes. 

mais adiante, vamos entender o que foi mesmo que Jesus falou, me parece que houve um pequeno erro de tradução onde muda o sentido, temos que ser mais cuidadosos nas palavras de Jesus qundo se diz respeito ao Homem foi.


O criador de almas jamais abondonara um de seus filhos, sim so muitas das vezes são os proprios que abondona o pai.


Gostaria de comentar sobre o texto do Sr. Pereira sobre a dor que Jesus sentiu. Em primeiro lugar quero dizer que, realmente Jesus sofreu todo este martrio e ninguém sobre a face da Terra, conseguiria suportar tanta dor e sofrimento...ninguém!
Quanto a frase "Pai, pq me abandonastes?, vou dissertar sobre minha visão esprita e meus humildes aprendizados, que ainda são mnimos e passveis de erros.
Não acredito que Jesus tenha dito esta frase mesmo estando, seu esprito, aprisionado em um corpo de carne. Acredito que tenha acontecido alguma confusão sobre quem teria dito a frase, ou se teria sido dita exatamente como aparece na Bblia. Respeito toda e qualquer Religião e Doutrina, desde que esteja voltada para os ensinamentos de Jesus e para o bem comum, mas não posso deixar de dizer o que acho. A referida frase foi escrita h muito tempo, o que j é um fato que poderia levar à distorção das palavras...ou mesmo quem tenha escrito a Bblia, tentado colocar um exemplo para que os homens não perdessem a fé. E levando-se em consideração a intelectualidade selvtica do homem daquela época, muitas outras coisas foram escritas, na Bblia, para que se pudesse ser entendida por esses homens e que assim pudessem ser menos selvagens (ex: os 10 mandamentos). A idéia de que Deus castiga pelos nosso "pecados" também se encaixa no contexto da frase anterior, pois também tem o intuito de tentar controlar tais homens. Nos dias de hoje, nossa intelectualidade evoluiu um pouco, mas evoluiu, então somos capazes de compreender os ensinamentos de Jesus, sem temer a Deus, pois devemos temer a ns mesmos, somos vtimas do mal que reside em ns. Colherei o que plantarei!!! E seja pelo ESPRITO DA VERDADE ou pelo ESPRITO SANTO, como preferirem, o que importa é que continuemos a exercitar os ensinamentos de Jesus e podemos até compilar os 10 mandamentos em apenas 1: "Amar a Deus sobre todas as coisas e a teu prximo como a ti mesmo". O nico e maior ensinamento é o AMOR, pois se tendo AMOR não precisaramos de mais nenhum, pois "O AMOR COBRE A MULTIDÃO DOS PECADOS".
Sr. Pereira, gostei muito do seu texto. Sempre existe alguém que necessita de tais explicações. Continue constantemente no seu aprendizado e não se esqueça de que o que em ns criticam,z é exatamente aquilo que o criticador necessita para aprender. Quando apontamos o dedo à alguem não nos esqueçamos que os outros 4 dedos estão apontados em nossa direção. Sigamos com Jesus!!!


MESTRE AMADO JESUS, NOS PERDOE POR TODAS AS DORES, FISCAS E MORAIS, QUE VOS IMPINGIMOS. COMO NOS AMASTES E NOS AMAS E AMARS SEMPRE!!! PORQUE SENHOR, AT HOJE , MAIS DE DOIS MIL ANOS DE TANTOS ENSINAMENTOS DE AMOR E TOLERÂNCIA, AINDA CONTINUAMOS NOS DIGLADIANDO COMO INIMIGOS? O QUE IMPORTA AGORA QUEM SABE MAIS REGRAS GRAMATICAIS, AONDE E EM QUAL VERSCULO EST EST ESCRITO ESSA OU AQUELA PASSAGEM DE TUA HISTRIA? ESTAMOS FALANDO DE TEU SOFRIMENTO, DE TUA DOR, DE TUDO QUE PASSASTES POR NS, PARA NOS ENSINAR A SERMOS SERES HUMANOS MELHORES!! QUE TENHA VALIDO A PENA....PERDÃO SENHOR, NÃO SABEMOS AINDA O QUE FAZEMOS. APESAR DE MAIS DE DOIS MIL ANOS TEREM SE PASSADO. MAS NÃO TER SIDO EM VÃO...
PAZ PARA TODOS!


Quando nosso GLORIOSO JESUS, disse Pai porque me abandonaste, foi porque ele sentiu que DEUS pai virou seu rosto, porque Pai nenhun aguentaria ver seu filho sofrendo e a caminho da morte, penso eu que DEUS PAI, VIROU PARA O OUTRO LADO PARA CHORAR PELO SOFRIMENTO DE SEU FILHO,MAS ESTAVA ALI E NAO O ABANDONOU E ELE ESTA A DIREITA DE DEUS PAI RECEBENDO TODO O CARINHO ESPECIAL QUE LHE MERECIDO E O UNICO NO UNIVERSO QUE MERECE UM CARINHO ESPECIAL DE DEUS.NS NAO SOMOS DIGNOS DESSE CARINHO E SIM TENTAR COM F RECEBER PELO MENOS O PERDAO DE SERMOS COVARDES E PECADORES IMUNDOS, ACHO QUE TODOS OS DIAS DE NOSSAS VIDAS QUANDO ESTIVERMOS PASSANDO POR UM PROBLEMA,PARAR, MEDITAR TUDO QUE NOSSO GLORIOSO JESUS PASSOU E VER QUE NOSSAS DORES SAO MINIMAS COMPARADAS AS QUE ELE PASSOU POR NS,TENHO NOJO DO RICO QUE PENSA QUE PODEROSO, MAS QUANDO SE VÊ DIANTE DE UM OBSTACULO, CHORA E COVARDIA IGUAL UMA IENA SE DESFAZENDO DO POBRE, PORQUE SE PAREARMOS DOIS CORPOS DESENCARNADOS SUAS ALMAS, UM CORPO RICO E O OUTRO POBRE, OS DOIS SERAO PODRIDAO EMAL CHEROSOS IGUAIS,RICO DIZ CRER EM DEUS PARA SE VER BEM DIANTE DA SOCIEDADE, MAS NA VERDADE O deus DELE O DINHEIRO, TANTO QUE NA BIBLIA CITADA, MAIS FACIL UM CAMELO PASSAR PELO FUNDO DE UMA AGULHA, DO QUE UM RICO ENTRAR NO CU , OS RICOS AS VEZES FAZEM BENEFICIOS PARA POBRES, PARA GANHAR NOME E FAMA NADA MAIS, ENTAO QUANDO VOCE SANGRAR-SE POR UM CORTIZINHO QUALQUER NAO RECLAME, PENSE NOS MILHOES DE CORTIZINHOS QUE TEVE NOSSO HEROI CHAMADO [JESUS CRISTO DE NAZAR,NAO REI DOS JUDEUS MAS REI DO UNIVERSO]


Ol queridos irmãos,não entendo de Teologia,novo e antigo testamento,e muitas vezes fico confusa com a bblia,mas acredito muito em DEUS e JESUS CRISTO,não quero que por alguma palavra ou frase alguém se ofenda,pois não é esse o meu intuito,gostaria que as pessoas se desligassem um pouco do trabalho,dos afazeres,dos compromissos,e refletissem do porque talvez foi colocada dessa maneira a dor de JESUS,talvez porque o médico françês Dr.Barbet. é muito inteligente ou ele quis que as pessoas mais estudiosas e que comprendem melhor este assunto entrassem em debate para dizer que este ou aquele que est certo,e com certeza muitos tem suas opiniões, pois foi dados a todos a inteligência e o raciocnio. Estamos vivendo em um mundo moderno cheio de novidades dando saltos grandiosos na tecnologia e a nossa atenção est voltada para novidades e muitos estão se esquecendo de nossos valores antigos,não sou contra ao avanço da humanidade no mundo moderno,pois todos precisamos evoluir,porém o que me entristece,é que por conta de tudo isso estamos mais egostas,rebeldes,muitos indo à beira da loucura e cada vez mais distantes de DEUS.Acho que este relato foi colocado dessa maneira tão chocante,para chamar a atenção de todos ns e assim diminuir um pouco esta violência que anda mundo a fora,sei que ela sempre existiu ,porém depende de ns diminu-la ou até mesmo acabar com ela,doando um pouquinho do nosso amor ao prximo.

QUE A PAZ E O AMOR DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO ESTEJA COM TODOS!!!!!!!!!


senhor jesus,perdoai-nos senhor ,vs que deu a sua vida por nos, deixou de viver a sua ,para viver a nossa vida,estamos aqui senhor para falar de suas dores,e não para brigarmos,via enternete,quero dizer ao toni,e voce ja aceitou jesus como seu salvador,se aceitou porque quer ofender ao senhor pereira,voce ja leu a biblia,a muitas contradições,vejamosMATEUS 10 VECICULO 10,NEM DE SANDALIAS,MARCOS 8 VERCICULO 9QUE FOSSEM CALÇADOS,MATEUS 8 VERCICULO5-7TENDO JESUS ENTRADO EM CARFANAUM,APRESENTOU-SE LHE UM CENTURIÃO,EM LUCAS 7 VERCICULO 2-3-4-5-6-7-8-9-10, O CENTURIÃO ENVIOU-LHE ALGUNS ANCIÕES DOS JUDEUS PEDINDO-LHE QUE VIESSE CURAR O SEU SERVO,A MUITAS DIRERENÇAS,ENTRE OS VERCICULOS.VAMOS PEDIR PERDÃO UM AO OUTRO,DEUS NÃO QUER BRIGAS,ELE QUER A NOSSA UNIÃO, JESUS SOFREU MUITO VAMOS RESPEITAR AS SUAS DORES,HOJE ELE VIVE E REINA COMO ESPIRITO ELE ESTA NO MEIO DE NOS,BEIJOS DE LUZ EM CADA CORAÇÃO,VAMOS AMAR MAIS,E TER O RESPEITO


Achei que tinham esquecido de JESUS...so agora sei do seu grande AMOR.


Não somos donos do mundo, somos apenas filhos do dono. Quando conseguirmos nos enterder, nos ser dado cuidar da parte que a cada um de ns pertence.O caminho para o entendimento é um s AMOR, AMOR,AMOR. Muita paz do nosso PAI todos e também mim.abraços.


adorei saber um pouquinho da vida dejesus queria saber mais um pouco


Irmãos. Não faço Teologia,nem fiz nenhuma exege sobre os livros da bìblia sagrada, somos  seres  em evolução portanto imperfeitos.Os sofrimentos de jesus foi por nòs, agradeço pelo imenso amor que tens para conosco atè hoje.Ensina-nos a perdoar   e compreender os erros daqueles que nos feriram. Quem està com a verdade? não sabemos.Seguir os ensimentos do envangelho e colocà-lo em pràtica farà homens de bem. Que a paz entre nòs permaneça sempre, mesmo com as nossas diferenças culturais, religiosa e racial. Amèm.

 

 


È inacreditavel que Jesus disse Pai porque me abandonaste ? Se ELE sempre nos ensinou amar respeitar e termos FE no PAI ?


Galeraaaaa eu to vendo um monte de gente escrevendo s que eu não to vendo o verdadeiro evangelho sendo escrito ! DEUS TENHA MISERICORDIA DE NOSSA ALMA! VAMOS ESTUDAR A CRUZ E SABER OQ REALMENTE ACONTECEU !
VOU FALAR A VERDADE BIBLICA COM REFERENCIAS BIBLICAS QUE DEUS ME ILUMINE: em Marcos 14:36  Jesus clamou ao Pai que afastasse dele o calice se possivel,
em Jeremias 25:15 ns vemos que o que est no calice de Deus é sua ira, vemos então que Jesus pediu a Deus que afastasse dele a sua ira se possivel, Jesus na cruz se tornou maldição (pecado) por ns (Galatas 3.13-14) - E FOI POR ISSO QUE DEUS PAI VIROU SUA FACE PQ DEUS UM DEUS SANTO ELE ODEIA O PECADO E JESUS SE TORNOU NAQUELE MOMENTO TODO O PECADO DOS SEUS ! JESUS TAMBEM ODEIA O PECADO POR ISSO PEDIU QUE DEUS AFASTASSE O CALICE DELE SE POSSIVEL  tendo Deus Pai virado sua face Jesus falou "Deus meu, Deus meu, porque me abandonastes? (Mateus 26.46) é claro que Jesus ja sabia que isso iria acontecer porem falou para que ficasse registrado e ns podessemos compreender (ele não blasfemou apenas falou a verdade Deus tinha virado sua face!) Isaas 53:10 diz: "Todavia, ao SENHOR agradou moê-lo..." Deus é Amor e tambem um Deus Justo, e para satisfazer sua propria justiça deu seu filho e o filho tomou o calice da ira de Deus para poder saciar sua Justiça podendo Deus agora ser JUSTO e JUSTIFICADOR de nossos pecados isso é o que significa o GLORIOSO evangelho de JESUS CRISTO!!! CUIDADO COM AS HERESIAS VAMOS PREGAR A PALAVRA DE DEUS E APENAS ELA !
Sola Scriptura ! que Deus abençoe a todos ! Se ARREPENDAM E CREIAM NO EVANGELHO EM NOME DE JESUS ! Soli Deo Gloria!


MEU COMENTARIO SIMPLES. JESUS SABIA QUE ESTAVA SOFRENDO PORQUE ERA A N ICA MANEIRA DE NOS TRAZER DE VOLTA O REINO DE DEUS. ELE VIA DIANTE DE SI OS ROMANOS E OS SACERDOTES QUE LHE BATIAM, ACOITAVAM, ESCARRAVAM EM SUA FACE E LHE PROPORCIONAVAM A MAIOR HUMILHAÇÃO QUE UM SER HUMANO JA PASSOU, E RESSALTO AQUI UM SER HUMANO, POIS ESSA HUMANIDADE DE JESUS ERA ABSOLUTAMENTE NECESSRIA PARA QUE OS HOMENS AFASTADOS DE DEUS PELO PECADO FOSSEM DIGNOS.
NO ENTANTO ELE SABIA QUE ESTAVA SOFRENDO INCLUSIVE POR AQUELES QUE LHE BATIAM , HUMILHAVAM E IRIAM MATA-LO......A AINDA AI ELE DISSE "PAI, PERDOAI-0S ELES NÃO SABEM O QUE FAZEM "
QUANDO ELE PEDIU QUE AFASTASSE (SE POSSIVEL) O CLICE , ERA A PARTE HUMANA DELE QUE SE MANIFESTAVA, UMA PROVA A MAIS QUE ELE ERA UM SER HUMANO COMPLETO, INCLUSIVE COM MEDO.
DEPOIS DISSO JESUS PASSOU 3 NO INFERNO, CONVIVEU NO MEIO DOS DEMONIOS (OUTRO CLICE QUE ELE TEMIA BEBER) E DO INFERNO RESGATOU TODOS OS NOSSOS PECADOS, TODOS NOSSOS MALES, TODAS NOSSAS DOENÇAS, E PRINCIPALMENTE NOS DEU A CHANCE DE NOS SALVARMOS PARA ISSO FAZENDO UMA COISA MUITO SIMPLES :ACEITAR JESUS COMO SEU SALVADOR PESSOAL, ACEITAR JESUS EM SEU CORAÇÃO....ACEITAR SEU EVANGELHO E SUA PALAVRA, RENASCER DE NOVO, DEIXAR DE LADO O PASSADO DE PECADO, DE ERRO, DE MACUMBA, DE VCIOS E  FORNICAÇÃO E TUDO QUE FIZER FAÇA EM N OME DE JESUS. OLHE PRA JESUS SEMPRE E SEMPRE !!!


Caros Amigos.
Porque todos discutem se foi desta maneira, ou aquela?
Na minha opinião, estes detalhes não são importantes, pois eles não alteram os fatos.
J não é suficiente saber que Jesus Cristo é o nosso salvador, e que morreu e sofreu por nossos pecados?
Um Grande abraço a todos!!

 

 

 


Caros Amigos,

A minha opinião sobre a possvel frase que Jesus tenha dito: "Pai, porque me abandonaste?", é que, analisando vrias frases que jesus disse nos evangelhos, como por exemplos: Eu e meu Pai somos um, Meu Pai me enviou, etc., concluo que a referida frase não est coerente a missão na qual Jesus veio praticar, em nome de Deus, por ns.

Portanto, essa frase pode ter sido gerado por vrias situações, como por exemplos: entendimento precrio dos evangelistas(pois não eram perfeitos, até Pedro falhou!), interpretações equivocadas nas traduções, escuta trocada(bom ladrão), etc.).

E, quando Jesus disse: "conhecereis a verdade e ela vos libertar", s tem significado quando interpretamos com a razão, lgica e bom senso, pois ela chega até ns a medida que evolumos na capacidade de entender e pratic-la.

 E, para finalizar, afirmo que na Bblia não tem TUDO, pois Jesus disse: Eu tenho muitas coisas para vos revelar, mas não iriam entender, porém, quando partisse, enviaria um consolador para complementar e atestar tudo o que tinha dito.

Um abraço fraterno


Jesus eu ti Amo!!!!! A nica frase que, se permanecesse mudaria  o mundo :
È ama o teu prximo como a ti mesmo. Se consegussemos agir de tal maneira.
Mudaria tudo mesmo, mas acho que deveramos tentar, quem sabe um dia, conseguiramos. Que Jesus continue nos Iluminar amém!!!!!
Renovar.


 


1492|juliano em: 12/05/2012 - 14:18:05

S tenho que continuar sendo fiel para um dia poder beija-lo.


Faca um comentario sobre este artigo






 [] Cmara aprova Dia Nacional do Espiritismo
 []
 [] Deus no te Fez para sofrer!
 [] Eu fiz 5 mil abortos - Aborto
 [] Como doar sem ter?
 [] Sem aceitar o sofrimento, no encontramos a felicidade
 [] Suicidio
 [] Planejamento Reencarnatrio
 [] Recriando o paraiso na terra
 [] Introduo
 [] Mensagem de Ashtar Sheran Terra
 [] As contradies da Biblia
 [] Cmara aprova Dia Nacional do Espiritismo
 []
 [] Deus no te Fez para sofrer!
 [] Porque pais matam filhos
 [] Florilgio Natalino
 [] Evangelho no lar
 [] Tragdias coletivas: por qu?
 [] Doena - como enfrentar?
 [] Divulgao da doutrina - O Dever da Propagao
 [] Carinho, Porque e quanto pagar por ele?
 [] A dor de Jesus
 [] Splica
 [] T me capturaste, Senhor
 [] Sananda: Sua histria atravs de Ashtar Sheran e Athena