Portal Espirita
 
   Portal Espirita L.E.M.A.
    Legião Espiritual e Material de Ajuda
    Desde Janeiro de 2000

 


Membros
      Mapa   Mapa
Indice
Inicio
Contato Interno
lbum de encontros
Comunidade MSN
Autor
Oratrio
Grupo de orao
Rdio
Radio Espirita

Radio em nova janela
 
Livros p/ Download

Livros Download 

INDICE DE SEES
: : Transio planetria
: : Filmes Espiritualistas
: : Casas espiritas
: : Livros espiritas
: : Temas
: : Curisosidades
: : Especiais
: : Estudo de Casos
: : Relatos
: : Colunistas

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/lemanot/public_html/centralxq/artigo/faq/faq.php on line 31

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/lemanot/public_html/centralxq/artigo/faq/faq.php on line 32
 
2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14

 "O amor de Deus gigante, sempre amparando-nos, jamais poderemos alegar ignorncia e desproteo, pois em todos os lugares temos possibilidades de conhecimento...". 

lei da vida: quem mais tem, oferece ao que menos pode. Sempre iremos encontrar o apoio e o auxilio mtuo na beleza da vida.
O amor de Deus nos socorre sempre, somos amparados por foras que nos preservam, sempre o zelo, o cuidado em todas as formas do existir, como refere Edgard Armond "Irmandade dos homens na paternidade de Deus". Na evoluo atravs dos reinos da natureza as mnadas, ao penetrarem no reino humano, com o seu psiquismo em incio de formao, unem -se formando comunidades mais ou menos numerosas, e para cada um desses agrupamentos existem espritos protetores, na comunidade dos vegetais, dos animais, das tribos, dos estados, das naes.

Sempre o amparo do amor de Deus a ns. Desta forma no poderamos imaginar que na erraticidade estaramos sem o devido cuidado - No! Os cus so salpicados de colnias espirituais que so refgios de acolhida, hospitais, oficinas, escolas de todos ns, espritos em evoluo. A grande obra "Nosso Lar", pelo esprito Andr Luiz, psicografada por Francisco Cndido Xavier, traz ao nosso conhecimento informaes sobre a criao da colnia espiritual Nosso Lar, localizada sobre a cidade do Rio de Janeiro, que fora idealizada por um grupo de espritos portugueses desencarnados no Brasil no sculo XVI. Na primeira obra da srie, o mdico Andr Luiz relata suas experincias aps a morte fsica, perambulando oito anos no umbral, regio de sofrimento vizinha Terra, e seu recolhimento nessa cidade. Descreve sua perfeita organizao socialista crist: o governador o esprito mais bem devotado ao bem comum, seus diversos ministrios, da regenerao, do auxlio, da comunicao, do esclarecimento, da elevao e da unio divina, congregam os habitantes no trabalho e a msica utilizada em todos os recantos da colnia. No livro "Tormentos da Obsesso", de Manoel Philomeno de Miranda (esprito), psicografia de Divaldo Pereira Franco, encontramos o Sanatrio Esperana, obra esta dirigida por Eurpedes Barsanulfo, dedicada assistncia de espritos em necessidade. Sobre a cidade de So Paulo h descries da Casa de Dr. Bezerra de Menezes com vrios pavilhes de socorro, instrues e refazimento. H informes sobre a organizao desta Casa desde 1950 trazidas por Edgard Armond, passamos a descrever o setor administrativo do conjunt 1 Pavimento
- Pela necessidade de entrosamento do trabalho comum, instalam-se os departamentos administrativos de agremiaes e fraternidades, cada um com seus respectivos rgos direcionais;

2 Pavimento
- Neste encontram-se fichrios dos freqentadores das Casas materiais, para cada irmo encarnado que a busca faz-se uma ficha completa da qual constam as dificuldades a vencer e o auxlio que podem receber, faz-se lei do carma. H tambm neste pavimento fichas dos colaboradores encarnados ligados aos trabalhos da Casa;

3 Pavimento
-  destinado a conferncias evanglicas para assemblias de espritos encarnados, previamente selecionados, e que assim no abandono do corpo fsico durante o sono, privam com as entidades maiores, palestras agradveis e instrutivas;

4 Pavimento
- Localizam-se os mais variados centros de estudos psiquitricos, no somente para os freqentadores das Casas materiais, como tambm para trabalhos espirituais selecionados, que recebem o amparo, o estmulo e os esclarecimentos necessrios ao prosseguimento de suas tarefas espirituais na Terra. H outros prdios que circundam a sede do espao, so todos de auxlio aos encarnados. Faremos parte de uma colnia espiritual dessas propores quando desencarnarmos? Tudo est em nossas decises. Como vivemos? Escolhemos o bem? Buscamos a paz? Se a resposta for positiva, timo!  O amor de Deus gigante, sempre amparando-nos, jamais poderemos alegar ignorncia e desproteo, pois em todos os lugares temos possibilidades de conhecimento e sempre socorridos por espiritos benfeitores em locais que nos permitam ampliar conhecimentos suavizando nossas dores.
Que possamos ter olhos de ver e ouvidos de ouvir, percebendo que seguimos sob tutela de espritos de amor, fazendo parte, cada um de ns, de uma colnia espiritual, que se responsabiliza por nossa evoluo.
Recordemos que Jesus nos pede amor em todas as condies, pautemos nossas horas sob a tutela do amor e seremos felizes.

Antonio Carlos Laferreira (Toninho) Apresentador do Programa Fraternidade pela Rede Boa Nova de Radio AM 1450

FONTE: Jornal Fraternidade- Uma publicao da Fraternidade Cristo Redentor. Edio n 11 - ANO II - SET-OUT/2003

 Comentários (Total: 65 )

bom saber que, existe vida aps a vida pois, isto nos da razão para continuarmos a seguir um caminho com esperança   

 


Muita Paz meus irmãos!
Não é exatamente um comentrio, pois tirei muito proveito dessas informações, j que fizemos comentrios sobre Colônias Espirituais as mais diversas (Nosso Lar, Rios de Luz, São Tomé e outras) claro que a mais conhecida é Nosso Lar.
Meu interesse no entanto é saber mais sobre a Colônia ESPERANÇA de Euripedes  Basanulfo, mas gostariamos de saber sobre a construção, como foi edificada, os colaboradores desta grande obra.
Franklin Asseker


Adorei o livro. uma reflexão para todo aquele, crente ou não, possa ver como Deus é maravilhoso, sublime, sempre nos deixando aprender, nunca abandonando-nos quando camos em tentação, pois sempre teremos apoio espiritual de irmãos que zelam por ns.


eu gostaria de simplesmente fazer uma pergunta que,de ves em quando me deparo.
O que acontece com as mulheres que morrem no parto?


Adorei conhecer esta colonia, mas gostaria de saber também sobre a colonia Esperança. Namastê; Libia Messias Patacho


Quero saber se existe alguma colônia Espiritual na altura de uma cidade chamada Brasiléia.

Agradeço desde j.


Adorei saber sobre a Casa de Dr. Bezerra de Menezes e suas especificações! Adoraria saber mais detalhes.
Quanto ao livro "Tormentos da Obssessão" irei adquiri para poder ler.
Gostaria de saber mais detalhes sobre a Colônia Esperança de Euripedes Basanulfo,pois tenho admiração,afinidade e completo respeito por este missionrio de Jesus.
Que N. S. Jesus Cristo abençoe sempre vocês por este trabalho de iluminação.
Agradeço desde j a atenção.

Bom dia, faço parte de uma casa espirita em Natal/RN e estamos estudando no momento as colonias espirituais. Gostaria de saber vocês sabem se existe e qual o nome da colonia que fica sobre nosso estado ou na cidade, ou se conhece algum site onde posso encontrar. Agradeço a atenção e agurdo respostas.

 

Janaina Silva 


Ser que as cidades espirituais, em sua localização sobre as cidades de verdade, interferem nas transmissões de rdio e de televisão?


Transcomunicação do latim trans + comunicatione - Comunicação com desencarnados realizada através de aparelhos como mesas girantes, e de instrumentais eletrônicos como gravador, rdio, televisão, computador.


Gostaria de saber sobre uma colônia espuritual especfica, chamada São Bento. H registros desta colônia ? Se h, que tipo de colônia é esta ? Estou muito curiosa a respeito de tudo o que houver a respeito de tal colônia, e gostaria de ser informada de tudo o que se tem a respeito desta colônica, se é que h alguma coisa j relatada sobre ela. Obrigado desde j pela atenção.
Nina


Solicito a gentileza de informar a LOCALIZAÇÃO  da COLÔNIA ESPIRITUAL "NOVO ALVORECER"
Obrigdo
EDSON GODINHO


Adorei saber que exitem sites como estes, pois assim podemos esclarecer nossas duvidas. que Deus Nosso Senhor abençoes a todos voces.   

Gostaria de saber sobre a exixtencia de uma colonia espiritual especifica, camada JOSE ALBERTO. Se h registros desta? Se h, como seria esta colonia? Estou curiosa para saber a respeito desta, e se possvel ser informada de como é esta colonia,se h registros ou relatos sobre ela. Muito obrigada pela atençao e que Deus deem a voces cada vez mais luz para continuar este trabalho tão belo. Um grande abraço.

Tânia Maria


gostaria muito de saber se ha uma colonia sobre a cidade de foz do iguacu,pr, ou alguma proxima
obrigada leila atari.


Ol, Boa tarde.
Adoro ler sobre as cidades espirituais, e não foi diferente saber sobre a casa de Dr. Bezerra de Menezes, muito bom. Gostaria de saber se h registro de uma colônia espiritual chamada Morada do Sol. E se possvel algumas informações sobre a mesma, caso afirmativo. Obrigado, um grande abraço.
Geralda


irmaos,maravilha saber que se quisermos podemos ter uma vida radiante, de paz , amore trabalho ,no plano  espiritual.fiquem com deus.


Tentando encontrar no GOOGLE uma Colonia Esprita chamada Flor de Lis, achei este site. Fiquei muito feliz, pois sempre temos vrias dvidas e sei agora, onde posso esclarecê-las.
Espero que possam me informar sobre esta Colônia (Flor de LIs). Onde est localizada? Quem a dirige? Se existe algum livro falando sobre ela? Se existe algum registro sobre ela.  Obrigada e fiquem com Deus.


QUE DEUS MARAVILHOSO QUE PREPARA SEMPRE ALGUM LUGAR PARA NOS.GOSTARIA DE SABER SE EXISTE PINTURAS E OU FOTOS ESPIRITAS DE ALGUMA COLONIA .


oi, pessoal! to começando a conhecer vcs agora,porem estou me sentindo em casa;

porém estou meio sem jeito ainda; estudei a doutrina esprita durante +ou- 16 anos mais sem me firmar direito;mais o que foi plantado no meu coração foi tão forte que ninguém consegue arrancar de mim. faz tempo que ñ vou ao centro...ñ consigo ir;muito embora precise demais;meu companheiro sofre com as obsessões diariamente,minha vida virou um inferno desde que o conheci,mas ñ cosigo deixaa-lo. preciso muito conversar com alguém que me entenda. alguem me socorra pq as pessoas que me rodeiam ñ entendem nada do que estou passando estou s e precisando voltar pra casa;;;; minha casa espritual! quando estou bem e consigo dormir direito sonho com uma grande casa branca,cheia de janelas enormes! as paredes todas brancas,so que as janelas ñ fecham são abertas e eu trabalho a noite inteirinha como enfermeira; são tantas pessoas que chegam a todo momento...que eu acordo no outro dia pra trabalhar...cansada mais um cansasso bommmmmmmmmm,então eu acho que deve ser um hospital...mas s quem pode me dizer isso é vcs;vou aguardar um contato se assim DEUS permitir;um abraço fraterno e a paz de DEUS a todos vcs ...alê.


Agradeço por fazer parte desse grupo .pois me deu muita força quando mais precisei . dando-me força, entendimento.Que DEUS abençõe a todos .E que todos que procuram ajuda encontre o seu caminho rumo a  LUZ ... iara

Nosso  lar  eu  li,  timo,   pra  min  na  época,  estava ....  necessitada.  foi  um  grande  aprendizado.   Dr: Bezerra  de  Menezes,   amo  ele  sua  trajetria  de  vida....enfim,   sem  palavra.  Deus  é  maravilhoso   mesmo!!!  muito  bom  saber  q  sempre,  tem  do  outro  lado,  irmãos  maravilhosos   pronto  a  nos  ajudar  s  depende  de  ns:  e   aqui
Que  Jesus  nos  Ilumine  à  todos!   


Eu sou kardecista. Nunca li em suas obras sobre estas colônias. Procurei em Leon Denis, discpulo direto de Alan Kardec,e, também, nada vi. Fui a Pietro Ubaldi, companheiro inseparvel de Leon Denis e também nada vi. Bezerra de Menezes não menciona tais colônias. Enfim, os precursores da doutrina esprita nada dizem de colônias espirituais. Chico Xavier , através de André Luis, fala  sobre elas em "Nosso Lar". Em outras obras dele, mesmo psicografando André Luis, não se volta a este assunto. Estou errado? Se estou ,peço, humildemente, que, com fatos, alguém me corrija. Sou kardecista. Não sou xavierista.  Contam que o prprio Chico disse: "Se eu escrever,disser ou psicografar alguma coisa que não esteja afinado com Kardec, FIQUEM COM KARDEC."Este mostrou, claramente, que esprito é luz. uma energia que se soma ao periesprito para fazer a obra prima de Deus, o homem, funcionar maravilhosamente bem. Como organismo. Muitas vezes o homem se desvirtua e põe esta sua mquina orgânica e espiritual a serviço do mal. E se desgasta. E involui. Regride quando deveria progredir na falange espiritual. E quando desencarnamos? Para onde vamos? Leiam os "Livro dos Espritos", Kardec, e saberão.  Não vou contar para vocês.  Concordo com o Chico quando diz: "espritas, instru-vos!" Leio as obras do Chico. Não sou adversrio dele. Mas, não concordo com esta idolatria a Chico Xavier. Nem ele quis isto! Tanto é verdade que, antes de desencarnar, ele desautorizou a qualquer médium receber o seu esprito se não disser palavras que ele deixou com pessoas de sua mais extrita confiança.  Dirão? Você duvida de Chico? Não, assim como não duvido de mim mesmo. Fui, estou licenciado, médium por alguns anos. Sempre agi certo? Suponho que sim.Mas, receio que não. Os médiuns podem ser vitimas de espiritos fanfarrões. Usam-nos como fantoches.  O médium tem que se desenvolver. Quando Chico psicografou André Luis em "Nosso Lar" ainda era um jovem médium. Pode ter sido vtima destes espritos citados por Alan Kardec.Dizem que farão uma novela nas Globo baseada neste livro. Podem nos colocar como idiotas malucos.  Fico desconfiado destas novelas que s visam audiência. A maioria dos brasileiros é catlica e protestante.Estou muito desconfiado do que vir. Estamos mais prximos da verdade. Por isto, sempre h quem queira nos ridicularizar.


leiam inicialmente o livro NOSSO LAR,(Andre Luis) AVALIEM, E SE APROFUDEM NO ESTUDO - INSTRUI-VOS. Pois e espiritismo é ciência, e como tal tem que ser estudada a exaustão, até que retanhamos algumas informações bsicas , para que elas norteiem nossa caminhada.

NANZINHO


Fonte rica de informaçao. Sabermos que temos na espiritualidades locais que nos permitem sermos socorridos, esclarecidos e principalmente preparados para novas encarnações e também , oportunidades de aprendizado. Para quem não tem idéia do que seja e como funciona .e a finalidade é bom ler Nosso Lar, para que possa compreender um pouco mais.

Irmão no livro dos Espritos nas perguntas 233 e 234 a 236: Kardec fala, sobre  isso,  irmão. S que ele fala mundos, como Jesus disse na casa de meu Pai tem... muitas moradas...E se assim não for como  Seriam tratados esses espritos q desencarnam? Onde seriam recebidos? Como ficaria cada um no seu grau de evolução? Eu peso  humildemente, ao irmão de fé que me ensine. E  me explique, se eu estiver errada pois, estou aqui pra apreender. Desde j agradeço,  que Jesus nos Ilumine a todos!!  

S gostaria de esclarecer ao Irmão que assina "renovar", agradecendo pela resposta, que "outros mundos" j nem chega mais a ser uma hiptese para a ciência. Numa galxia , considerada pequena como a nossa, Via Lactea, calcula-se em, aproximadamente , mais de 3 trilhões de estrelas. O sol, como o Irmão sabe, é uma estrela de quinta grandeza. Como o nosso astro-rei, quantos  existem s na nossa galxia? Gravitando em torno destes, quantos  planetas? Dentre estes, quantos iguais ao nosso? Falar que os espritos vão para outros mundos  é  o mais prximo da realidade esprita. Mas , vão como espritos, sem  forma humana, sem roupagem, sem cidades com casas, jardins, bosques. Podem até haver, mas não para o uso dos espritos. Quando desencarnamos, nos livramos de toda esta parafernlia que criamos  para o conforto de nossos corpos que têm sentidos e necessidades de encarnados.  O esprito usa o mesmo processo natural  que usamos para ver , interferindo no cérebro do médium para que , o ex-encarnado solicitado , surja diante dele tal como  foi na ltima encarnação.  Kardec deixa claro que  o esprito reencarna sucessivamente em busca da evolução. Quantas formas humanas tivemos em cada uma delas? Fomos homens e mulheres. Pais e mães. Filhos e filhas. Netos e netas.  Quantas vezes? Em quais planetas do imenso universo? Não crer nisto é colocar a nossa doutrina em contradição. Se cremos na reencarnação sucessiva, como crer em colônias espirituais ? Se existissem, para que reencarnação? Voltar para um mundo cheio de sofrimentos, algumas alegrias, provações e privações, alguma fartura, enfim , um mundo em que lutamos cotidianamente pela sobrevivência? O esprito é energia. Assim est escrito. Assim eu j os vi. Mas , como espritos s anseiam pela evolução. Esta retardar , cada vez mais, o seu retorno ao mundo dos encarnados.  E onde ficarão? Nas colônias morando em casas confortveis ou passeando pelos bosques? Não. Ficarão como espritos de luz ,longe da necessidade de novas reencarnações e prestando , nos bilhões de planetas de encarnados, a sua valiosa colaboração.

Obrigada irmão pela a resposta:mas sou mulher, o meu apelido surgiu, depois q conheci esse Chat. Pois  senti uma renovação na minha vida como nunca.Com a graças de Deus!!! E penso q todos os dias temos q estar renovando. A nossa fé ..amor ao prximo..a caridade e tantas outras. ...Interessante, pois não foi S o Chico q falou  sobre essa colônias. Vou procurar me informar, pois o irmão estuda a anos e me diz isso. Tenho então q averiguar o correto. Muito obrigada pela sua atenção, gosto muito de ler suas  respostas. Que  Jesus nos Ilumine a todos!!

Em poucas plavras, querida irmã "Renovar", quero adiantar-lhe que, depois de "Nosso Lar", outros médiuns também afirmam ter conversado com os desencarnados sobre estas "colônias". Mas, Kardec, no "Livro do Médiuns",alerta-nos para o perigo de espritos oportunistas e mal intencionados, se servirem da boa vontade e in genuidade de alguns médiuns, ou da m intenção de outros, para disseminar idéias falsas para provocar a confusão  no seio da doutrina esprita. Contam que o maior dos médiuns ,Jesus, quando jejuava no deserto seguindo uma tradição judaica, que até hoje pratica o jejum em vrias oportunidades do ano, como fazem os rabes e faziam os cristãos primitivos, teve contato com um esprito malgno que o provocava com perguntas insidiosas aproveitando-se do seu estado de carência  de elementos  nutriocinais bsicos. A mente fica um caos. Vem o delrio. O Evangelho não diz quem viu ou se foi o prprio Mestre que contou esta histria. Porém, não olvidemos que Jesus era um homem. Não permitiu-se ser  o que realmente era. Não teria sentido a sua vinda à terra. Como homem ficar-lhe-ia difcil distinguir entre a realidade e o delrio no estado de desnutrição em que estava.  Conta os "Vedas" que um profeta judeu conviveu entre eles e a época coincide com a de Jesus.  Foi Ele? Nunca mencionou este fato no evangelho que conhecemos.Os gurus até hoje fazem este jejum  e ficam até 60 dias sem comer. Não tenho certeza se sem beber também. o faquir. Esta capacidade eles desenvolvem com muita prtica e fé.  Ter o Mestre aprendido com eles?   Mas, conta o Evangelho que o esprito do mal tentou testar Cristo de todas as formas e falhou. Ele voltou do deserto inclume , para o espanto dos apstolos. Então, o  que foi? Mediunidade ou delrio? O Mestre, em suas pregações, ao que eu saiba, não usou esta passagem. Usou? Se usou que alguém me diga quando. Jesus acreditava no jejum, como todos os judeus acreditam, como forma de purificação espiritual e fsica. O  nosso corpo , injestor de tantos alimentos txicos, se sente bem quando, de vez em quando, fazemos um jejum. "Men sana in corpurum sanum". latim. Espero que seja assim que se escreve. Se não for, perdão. Mas quer dizer, "mente sã em corpo são". Os dois têm que estar sadios. Se um não estiver o outro também não. Na meditação , que o Mestre fazia comumente, e no jejum, buscava-se ambos.  Irmã, queria lhe falar pouco e falei muito. Espero não ter falado demais. Que Jesus esteja contigo e todos os irmãos de todo o universo!

Irmão do fundo do meu coração, muito obrigada pela sua atenção.    Fique com Deus!!                                 

oi gostaria que me tirassem uma duvidas, quando eu durmo ne acontece coisas estranhas que são tão reais que eu sinto que não é um sonho , outro dia um portal se abriu no meu quarto alguem falou muitas coisas para min s que parece que eu não consigo entender, ja me aconteceram coisas abesurdas s que eu não falo para minguem tenho medo que os outros acham que eu estou doida, e muito mais coisas ja conteceram mais é s quando eu vou dormir ,parece sonho mais ue estou bem lucidas. obrigado isso também me serviu como um desabafo...


 SABE O.QUE MAIS GOSTO DESTE SAITE E QUE ESTAMOS SEMPRE APRENDENDO MAIS.

Em nossos ltimos estudos, temos comentado algumas coisas sobre as cidades no espaço, locais onde com certeza j estivemos e para l regressaremos. Hoje vamos comentar alguma coisa sobre as origens das mesmas, pelo menos as mais conhecidas de ns brasileiros. As época da criação destas cidades, sua fundação etc.., é muito diferente. André Luiz em suas obras através de Chico Xavier, comentou sobre muitas colônias. Nosso Lar por exemplo foi fundada no século 16 por portugueses desencarnados aqui no Brasil. Existem dados também sobre a Colônia Socorrista como uma das mais antigas e é ligada ao Umbral para atendimento aos espritos que ali estão. A Colônia Campo da Paz, que segundo consta, é bem prxima da Terra. Esta colônia foi criada a mais de 200anos por benfeitores de Jesus, que a criaram para atendimento aos que desencarnam em estado de ignorância ou de culpas dolorosas. André Luiz comentou que também o Esprito Fabiano de Cristo, fundou a Casa Transitria de Fabiano. No livro Além da Morte, de Divaldo Pereira Franco é citada também a Colônia Redenção. Esta foi criada na época da escravatura e segundo consta, para receber espritos de escravos sequiosos de vingança e em sofrimentos. O Reverendo George Vale Owen, assessorada por sua mãe desencarnada e mais um grupo de espritos , falou em sua obra A Vida Além do Véu, a existência da Colônia da Musica, onde a Arte é cultivada em todos os aspectos. Enfim, não h como registrar quando teve inicio as colônias espirituais porque nem a Ciência ainda conseguiu definir quando o homem habitou pela primeira vez na Terra. As que estão prximas a Terra sempre sofrem as mesmas influências do planeta mas afinal elas foram construdas para atendimento às faixas mais baixas da espiritualidade. Mas, existem as colônias dos planos mais elevados e nelas, s tem acesso os espritos que atingiram um certo grau de evolução e por outro lado, h finalmente as colônias que pertencem aos espritos do mal e estão ainda nos planos pavorosos do mundo invisvel. No Livro Além da Morte, é citado o seguinte: -...bandos perigosos, sob a direção de mentes cruéis, dificultando a obra de evangelização do mundo. Estas hostes do Mal, muitas vezes sob o comando de chefes brbaros, investem, furiosas contra os missionrios e tira das mãos deles, espritos infelizes arregimentados por eles. H um romance medinico de nome Apenas Uma Sombra de Mulher, de Fernando de , onde uma entidade fala de uma colônia de nome Gordemônio, que se situa nas adjacências da Terra, como uma vasta região habitada por espritos transviados e malfazejos, que praticam o vampirismo etc... Existem portanto colônias para este tipo de esprito do mal. Não é o inferno que se fala porque não tem fogo e nem calor eterno mas são locais criados para abrigar os pecadores da Terra e os demônios. Mas, os espritos que habitam estes locais, um dia, ou em anos ou séculos, vão se libertar por esforço prprio deste plano deprimente criado pela sua prpria mente. Allan Kardec, sobre estes locais, disse o seguinte: "Vem a seguir o que se pode chamar de escria do mundo esprita, constituda de todos os espritos impuros, cuja preocupação nica é o mal. Sofrem e desejariam que todos sofressem como eles. A inveja lhes torna odiosa toda superioridade: o dio é a sua essência. Continua..... Não podendo culpar disso os espritos, investem contra os homens, atacando os que lhes parecem mais fracos. Excitar as paixões ruins, insuflar a discrdia, separar os amigos, provocar rixas, fazer com que os ambiciosos pavoneiem o seu orgulho, para o prazer de abate-los em seguida, espalhar o erro e a mentira, numa palavra, desviar do Bem, tais são os seus pensamentos dominantes. Claro que espritos das baixas regiões, não podem ir as esferas superiores, mas, os de l podem vir nas esferas inferiores. Espritos desencarnados estrangeiros, também falam as mesmas coisas e dão descrições semelhantes sobre as cidades espirituais. Todos falam a mesma coisa. Ainda no Livro A Vida além do véu do reverendo George Vale Owen, um relato de um esprito diz o seguinte: ...o mundo espiritual é a Terra aperfeiçoada, exatamente como Kardec disse. Do lado de l como aqui, existem montes, rios, florestas lindas e muitas casas. Tudo preparado pelos que chegaram antes. Bom, este é um breve comentrio sobre a origem de cidades espirituais. Estudo de hoje tendo ainda como fonte: Colônias Espirituais de Lucia Loureiro que na verdade, nada mais é do que um resumo do que se lê em vrias obras j editadas falando no assunto. Pedro Ozrio – Casa Branca – 25/12-03

Negar a existencia de colonias espirituais é negar a continuação da vida aps a desencarnação.Kardec não citou tais colonias pois não teve tempo para tanto,e esse conhecimento não acrescentaria nada do que o espirito da verdade informara para a evolução e moral do homem.A cada dia a espiritualidade continua a informar o homem das coisas espirituais apesar de que a maioria não consegue entender ,Kardec deixou claro na sua obra que muito ainda h para ser ensinado pelo mundo espiritual.Se não existem colonias onde os espritos se reunem durante os reencarnes,onde residem os espiritos iluminados?.As colonias são locais no mundo espirituais onde os espiritos afins se reunem,podem ser bons espiritos,podem ser maus espiritos;portanto h colonias em que residem bons espiritos assim como existem aquelas com maus espiritos.Acredito que a nossa mente deve ser aberta a todos os conhecimentos independentes da sua origem,desde que tais conhecimentos sejam aceitos pelo nosso raciocinio e pela nossa razão.


Prezados amigos,
Muito me emociona, em saber sobre as "vrias moradas" existentes na "Casa do Pai". Tomei conhecimento, tempos atrs, de que o meu esposo, desencarnado em Dezembro de 2003, vive hoje, numa Colônia Espiritual denominada "Sâo Vicente de Paula"... Recebi esse comunicado através de psicografia. Saberia alguém de vocês, onde se localiza essa colônia?
Desde j, os meus agradecimentos...
Ana Maria

 

 

 


Ana Maria pelo q eu li, essa Colonia existe e fica no Brasil. Não posso afirmar com veemência, pois as vezes a gente recebe informações, q nem sempre é verdica.
Ela existe: mas não tenho certeza da localidade. A melhor forma a fazer é orações a ele, e boas vibrações, isto que ele precisa ou qualquer, desencarnado vai sempre precisar. Fique com Deus que Jesus a Ilumine!!


ColÔnia - Moradia (zona umbralina) - Resgate a suicdas e afins....

              Nosso lar/São Sebastião rj

              Nova Auvorada - Santos sp

              São Bento

              São Vicente de Paula

              Morada do sol

              Flor de lis

              Casa Dr.Bezerra de menezes...

Ps: São inmeras........

Não tem como citar todas..............

Tal informação não procede e não tem permissão espiritual para ser divulgada.


Agradeço de coração as informa~soes recebida, Muito Obrigada.


QUERO FALAR COM ESPIRITA ...COMO FAÇO? PRESCISO DE AJUDA ...KARLA FABIANNA


Bom dia karla:

Pra vc conversar: com qualquer um de ns sempre estamos disposição do publico.

Todos os dias a partir das 8:40 minutos + ou= pois, depois.. oração e... tem estudos.....mas aps vc pode e conversar. Neste endereço: http://www.lema.not.br/chat.php até te aguardamos.

Que Jesus te Ilumine!!


O Mestre dos Mestres, Senhor de todos o senhores, Jesus Cristo, em sua pregação de três anos, não mencionou a existência  destas "Colônias Espirituais". Ele não nos sonegaria uma informação tão importante, talvez, a mais importantede todas as informções extraordinrias que nos deixou. Sou cristão. Até mesmo antes de ser esprita. Jesus, para mim, est adiante de tudo e todos. Os seus apstolos, a quem Jesus deixou a incumbência de nos converter, também  não mencionam tais colônias em seus relatos e pregações. Os precursores do kardecismo, como o prprio Kardec e Odilio Denis, Pietro Ubaldi, não falam destas "Colônias". Isto veio depois de "Nosso Lar". Acho qe deve haver liberdade de pensamento e opinião. especialmente na doutrina esprita que, segundo Kardec, é bom sempre repetir," é uma ciência antes de ser uma religião".Como tal, temos teses, não dogmas de fé.Somos instados em acreditar nos dogmas catlicos pelos sincretistas. Eu  acredito em Jesus quando Ele afirma que s existe Um Senhor. O Criador de todas as Coisas. Esta histria de "Senhora", foi criada , depois de séculos de discussão no seioda igreja catlica por um Papa que achou que, elevando a mãe terrena de Jesus à condição de Senhora, estaria colocando um ponto final na discussão que tinha uma grande indagação: por que Maria de Nazaré?Eu perguntaria: e por que não? Alguma mulher tinha que ser a mãe terrena de Jesus e Ele teria um pai também, como todos os humanos, como todos os animais irracionais, os vegetais, os seres vivos. Não fosse assim, a vinda de Jesus  teria que ser a de um Deus. J imaginou? Ele chegaria , arrumaria tudo e voltaria para o Centro do Universo.E o processo evolucionista acabaria. Tanto o natural quanto o espiritual. Não é isto que Deus quer.  O esprito deve evoluir por seus prprios meios. Jesus veio explicar como. Como seria normal, portador de uma mudança tão radical, sofreria radicais resistências.Ele sabia disto eveio assim mesmo. A sua histria, ns, cristãos, a conhecemos muito bem. Contêmo-la às crianças.Mas, por favor, sem fantasias. Jesus disse que deveremos conhecer e contar a verdade.


"Mestre dos Mestres, Senhor de todos o senhores, Jesus Cristo, em sua pregação de três anos, não mencionou a existência  destas "Colônias Espirituais"
Esta frase é do estudioso logo acima, o Visitante, de 18/05/2010, às 13h14.
Eu pergunto ao nosso amigo e irmão: - Você estudou mesmo sobre o que Jesus disse?
Para dar alerta ao Visitante: "..., disse Jesus, h muitas moradas".
Pesquisa sobre isso, amigo.
Abraço.


Quero dizer ao Irmão Visitante, que estudei muito, nestes meus setenta anos de vida, o evangelho. Primeiro, como catlico. Fui coroinha, cruzado, sacristão, coralista, pu pr toda obra, dentro da igreja catlica. Neste tempo, amigo, ou amiga, você não tem idéia dos catedcismos e sermões que assisti. Ajudava os cultos catlicos em latim, que eu conhecia rasoavelmente. Depois, desiludi-me com a religião diante de fatos polticos de 1964 e aderi à doutrina comunista.Como sabe, o comunismo é ateu e não aceita quaisquer tipos de crendices.  Aceitei as regras e abandonei os estudos teolgicos. Enfiei a cara na doutrina socialista.  Foi quando eu reparei que, em muitos pontos as duas  doutrinas, a marxista e a cristã, se coincidem. E que a bronca dos comunistas era contra a aliança do cristianismo com  o conservadorismo. Era uma contradição. Jesus foi assassinado pelos conservadores de sua época. Voltei ao Evangelho ainda como ateu.  Fiz as comparações e quanto mais o fazia mais  supreso ficava.  Marx, aquele danadinho, andou plagiando Jesus em muitos dos seus conceitos polticos. Ele discordava do clero, não de Jesus. Mas, com toda a razão, disse:" a religião é o pio do povo. " Deduzi que a doutrina de Cristo entâo, nâo era uma religião .  O clero criou a religião. A doutrina de Jesus era revolucionria. Pregou a justiça e a igualdade. Morreu por isto. Procurei ver Jesus como um homem comum, como alguns espritas  insistem em ver. Foi quando a doença terrvel me abateu aos 40 anos. Estava condenado à morte.  Os médicos me davam pouco tempo de vida. Procurei, na dor, o espiritismo.  Fui operado pelos médicos desencarnados.  Bem, não morri.  Passei a estudar a doutrina esprita. Diziam que eu era médium. Nunca acreditei.Um paranoramal , talvez. Médium, eu? Trabalhei na mediunidade , e , sem  mérito pessoal algum, como instrumento dos espritos, ajudei a muita gente.Se eu sei tudo do evangelho? Não. Talvez por deficiência minha. Talvez porque seja muito profundo.  Mas, posso lhe assegurar que "Colônia Espiritual" não h e nem jamais houve ou haver. Não conte com a boa vida das "colônias", com seus" hospitais espirituais", para evoluir-se e livrar-se dos erros desta encarnação. Trate de, desde j, cuidar do seu esprito. Senão, reencarnar em outros mundos, ainda mais atrasados, para evoluir-se. Mundos, planetas, não Colônias. Sinto muito, mas, esta é a verdade.

Meu caro irmão Angelo, você realmente, pelo que você mesmo relatou teve uma jornada um tanto quanto conturbada, diz até ter sido pau Pra Toda Obra. Até um certo dia largar seu canto Religioso por Desencanto e mergulhou na rea também pouco Frutfera do comunismo; e acabou por ser quase que abatido por Terrvel Doença, quando a Espiritualidade Superior te socorreu e te livrou.

Lembromonos que Jesus disse:

"Deixai Vir a Mim os Pequeninos"

 

“O Evangelho Segundo o Espiritismo – Captulo VIII, item 19.”

 

Explica-se, então, que esse apelo de Jesus não era dirigido somente às crianças, embora ELE conquistaria o coração das mulheres, que são todas mães.” Dirigia-se também “às almas que gravitam nos Crculos Inferiores, onde a desgraça desconhece a esperança. “Jesus chamava a si a infância intelectual da criatura formada: os fracos, os escravos, os viciosos.”

“Os sãos não precisam de médico e sim, os doentes; não vim chamar os justos e sim, os pecadores.” (Marcos, 2:17) “Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarregados e eu vos aliviarei.” ( Mateus. 11:28 )

 

 

          Naquele apelo, queria Jesus que os homens aceitassem seus ensinos, se entregassem a ele, com a confiança das crianças, e essa idéia transparece em muitas de suas frases, registradas nos Evangelhos.

 

          Assim, na sua maneira de ensinar, aproveitando as situações naturais, falando pouco, com muito significado, Jesus “submetia as almas à sua terna e misteriosa autoridade”, que vinha da sua pureza de esprito, conquistada através dos tempos em Outros Mundos Materiais (Na casa de meu Pai h muitas moradas), visto que ele j era puro, quando a Terra ainda não existia.

O espiritismo, conclamando a F RACIOCINADA, “... a F que pode enfrentar a razão face a face, em todas as épocas da humanidade”, satisfaz, plenamente, as exigências da inteligência do homem atual, que quer crer apenas naquilo que compreende desde que não tenha uma postura preconceituosa, de “oposição sistemtica e interessada”, conforme escreveu Kardec, neste livro que estamos estudando, no captulo XIX, item 7.

          “Meus bem-amados, eis chegados os tempos em que os erros explicados se transformarão em verdades. Ns vos ensinaremos o verdadeiro sentido das parbolas. Ns vos mostraremos a correlação poderosa, que liga o que foi ao que é.”

 

 

          Realmente, os Espritos desencarnados, que trouxeram a revelação esprita, codificada por Allan Kardec, continuam, sob a égide de Jesus, ensinando-nos sempre mais, na medida do aprofundamento do nosso entendimento intelectual e moral.

 

          E quanto mais estudamos a Boa Nova, trazendo seus ensinos para nosso cotidiano, mais cresce, em ns, a gratidão e o amor ao Mestre Jesus, a Allan Kardec e a todos os Espritos que trabalham em benefcio desta humanidade rebelde à lei do AMOR.

 

          Assim, João, o evangelista, o apstolo que, talvez, mais tenha vivenciado o Amor ao prximo, talvez ( uma vez mais ) assim nos pareça, por ter tido uma existência muito mais longa do que os demais, termina essa mensagem:

 

“Eu vos digo, em verdade: a manifestação esprita se eleva no horizonte, e eis aqui seu enviado, que vai resplandecer como o sol sobre o cume dos montes.”

 

          O “seu enviado” pela manifestação esprita é o Espiritismo, que, realmente, resplandece na mente e no coração de quem o conhece, iluminando sua jornada evolutiva, com seus esclarecimentos sobre os ensinos de Jesus, tornando-os, cada vez mais atualizados, mais necessrios e, conseqüentemente, mais possveis de serem vividos pelos homens na Terra.

"Quem tem ouvidos para ouvir ouça"

Olhos de Ver e Ouvidos de Ouvir

 

O objetivo deste estudo é refletir sobre o nosso modo de ver e de ouvir no sentido de edificar o homem novo apregoado pelo Evangelho.

 

Olho. Anatomia. Cada um dos dois glbulos situados na parte anterior da cabeça que constituem o rgão da visão humana e animal. Fig. Atenção, cuidado, vigilância. Agudeza de esprito; sagacidade, penetração, perspiccia.

 

Ouvido. Aquele dos cinco sentidos pelo qual se percebem os sons; audição. (Dicionrio Aurélio)

 

VISÃO GERAL

 

Na Parbola do Semeador, Jesus se reporta aos olhos e aos ouvidos nos seguintes termos: “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça. E, acercando-se dele os discpulos, disseram-lhe: por que lhes falas por parbolas? Ele, respondendo, disse-lhes: porque a vs é dado conhecer os mistérios do reino dos céus, mas a eles não lhes é dado. Porque àquele que tem, se lhe dar, e ter em abundância; mas aquele que não tem, até aquilo que tem lhe ser tirado. Por isso lhes falo por parbolas; porque eles, vendo, não vêem; e, ouvindo, não ouvem nem compreendem. E neles se cumpre a profecia de Isaias que diz: ouvindo, ouvireis, mas não compreendereis, e, vendo, vereis, mas não percebereis. Porque o coração deste povo est endurecido, e ouviram de mal grado com seus ouvidos, e fecharam seus olhos; para que não vejam com os olhos, e ouçam com os ouvidos, e compreendam com o coração, e se convertam, e eu os cure. Mas bem-aventurados os vossos olhos, porque vêem, e os vossos ouvidos, porque ouvem. Porque em verdade vos digo que muitos profetas e justos desejaram ver o que vs vedes, e não o viram; e ouvir o que vs ouvis, e não o ouviram”. (Mateus 13, 9-17)

 

Que tipo de anlise podemos fazer a respeito deste texto e, mais especificamente, sobre a frase “quem tem olhos de ver, veja; quem tem ouvidos de ouvir, ouça”? Este é o nosso trabalho. Quando dizemos nosso, queremos expressar que tanto o expositor como o pblico devem estar inteiros no tema, tentando vê-lo seriamente e na sua profundidade.

 

 

 "A Verdade vos Libertar” (João 8:32)

 

O conceito da "verdade" vem desafiando a humanidade por milhares de anos. Filsofos da antiga Grécia debatiam a natureza da verdade. Eles discutiam se ela era real e absoluta, ou relativa e ilusria. Suas dvidas podem ter sido refletidas numa questão de Pilatos: "Que é a verdade?" (João 18:38).

 

Hoje, a mesma pergunta surge continuamente em vrias situações. de vital importância que achamos a resposta para esta pergunta na rea de religião. O que é verdadeiro? Posso conhecer a verdade?

 

Para ajudar-nos a responder a estas questões, vamos focalizar nossa atenção em um versculo do ensinamento de Jesus. Em João 8:32, ele disse: "E conhecereis a verdade e a verdade vos libertar ." Considere as implicações desta afirmação.

 

"A Verdade"

 

Os humanos podem andar em dvida e incerteza, mas Jesus é inequvoco. Ele fala sobre a verdade como algo exato e objetivo. Em outra parte ele nos fala que a verdade é a palavra de Deus revelada. Quando ele falou com seu Pai (João 17:17), ele disse: "tua palavra é a verdade". Quando Jesus falou sobre a verdade, ele não estava falando sobre uma vaga abstração resultante de um intenso pensamento humano, meditação, lgica ou de um debate. Ele não definiu a verdade em termos subjetivos como uma coisa qualquer que as pessoas escolheriam acreditar. Jesus definiu a verdade como um fato revelado e eterno! A palavra de Deus é verdadeira independentemente do fato de eu concordar com isso, de eu aceitar e obedecer, ou rejeitar e contestar.

 

Outros que escreveram o Novo Testamento fizeram similares afirmações sobre a palavra de Deus, achada nas Escrituras. Em 2 Timteo 3:16-17, Paulo disse: "Toda Escritura é inspirada por Deus e til para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra." Paulo também disse que seu ensinamento não tinha palavras de sabedoria humana, e sim palavras reveladas pelo Esprito Santo (veja 1 Corntios 2:9-13).

 

Deus revelou a verdade como certa e absoluta. Deus não nos deu meramente idéias subjetivas para serem moldadas de modo a se ajustarem às nossas situações. Ele não aprova distorções ou modificações das Escrituras para que se ajustem aos nossos caprichos. Deus certamente não nos deixou num mar de dvidas onde nada podemos saber com certeza.

 

Devemos escolher como responder a esta revelação de Deus. Ns podemos obedecê-la ou rejeit-la. Temos a liberdade de aceitar tudo o que Deus disse, ou somente as partes que nos interessam. Mas quando decidirmos como responder a ela, devemos lembrar de que nada o que fizermos ir mudar a veracidade de suas palavras. Aproximadamente três mil anos atrs o escritor de Salmos disse: "Para sempre, Senhor, est firmada a tua palavra no céu" (Salmo 119:89).

 

"Conhecereis..."

 

Jesus não mostra a "verdade" como um objetivo ilusrio e inatingvel. Ele diz: "Conhecereis a verdade". Jesus plenamente ensinou que podemos e devemos conhecer a verdade. Podemos conhecer a verdade hoje do mesmo jeito que o povo de Beréia o fez no primeiro século: Eles procuraram por ela nas Escrituras (veja Atos 17:11). Podemos distinguir o certo do errado. Paulo instruiu os Tessalonicenses: "Julgai todas as cousas, retende o que é bom; abstende-vos de toda forma de mal" (1 Tessalonicenses 5:21-22). Ainda hoje é verdade que a "lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para os meus caminhos" (Salmo 119:105).

 

As pessoas que escreveram o Novo Testamento confidentemente declaram que é possvel saber a verdade. Em Hebreus 10:26, o escritor fala das pessoas que tinham "recebido o pleno conhecimento da verdade". João falou com pessoas que receberam este conhecimento da verdade (1 João 2:21). Paulo condenou aqueles que estão "sempre aprendendo mas que jamais podem chegar ao conhecimento da verdade" (2 Timteo 3:7). Por que receberam tão severa crtica? Porque eles fracassaram em aprender a verdade, resistindo assim a palavra de Deus. Eles não compreenderam a verdade porque assim não a quiseram (veja 2 Timteo 3:8). Ns podemos saber a verdade.

 

"...Vos Libertar"

 

Isto pode nos fazer pensar, talvez até um ponto de medo, sobre a responsabilidade dada por Deus de conhecermos a verdade. Para prevenir que sejamos esmagados por esta provocante passagem, não devemos perder esta grande promessa anexada neste trecho. Jesus acrescentou: "A verdade vos libertar".

 

A liberdade é valorizada universalmente. Inmeras pessoas têm sacrificado suas vidas esforçando-se para assegurarem sua prpria liberdade poltica ou de outrem também. Verdadeiramente em todas as nações do mundo, o encarceramento é considerado como uma severa punição para aqueles que violam a lei. Tão valiosa quanto a liberdade pessoal e poltica, também é aquela que Jesus nos fala em João 8:32. S que esta liberdade é até mais significativa. Nossos pecados nos levam a conseqüências de vnculos espirituais e mortais -- eterna separação de Deus. Jesus se ofereceu para nos libertar das conseqüências da nossa prpria rebelião contra Deus!

 

Paulo nos lembrou deste benefcio do evangelho em Romanos 1:16 ". . .é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego". Deus escolheu o uso de sua palavra, que é a verdadeira mensagem da Bblia, para salvar-nos de nossos pecados.

 

Deus, contudo, não nos força a sermos libertos. Muitas pessoas são enganadas por Satans e seus falsos mestres para que não possam discernir a liberdade do encarceramento (veja 2 Pedro 2:17-22). Infelizmente, muitas pessoas rejeitam a liberdade que Deus oferece e permanecem presas em seus prprios pecados. Jesus usou as palavras de um profeta do Velho Testamento, Isaas, para descrever a triste condição daqueles que não aceitam a liberdade divina: "Porque o coração deste povo est  endurecido, de mau grado ouviram com os ouvidos e fecharam os olhos; para não suceder que vejam com os olhos, ouçam com os ouvidos, entendam com o coração, se convertam e sejam por mim curados" (Mateus 13:15).

 

Muitas pessoas consideram a verdade incerta, mas Deus claramente revelou a verdade para que ns possamos conhecê-la. Muitas pessoas acreditam que os sentimentos subjetivos, aqueles que julgamos serem corretos, são os mesmos que os salvarão, mas Deus uniu a salvação com a sua objetiva verdade. Quando ns aprendemos e obedecemos a verdade revelada na palavra de Deus, podemos estar certos da nossa salvação. João nos falou do nosso relacionamento com Deus quando ele disse: "Ora, sabemos que o temos conhecido por isto: se guardamos os seus mandamentos. Aquele que diz: Eu o conheço, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não est  a verdade" (1 João 2:3-4).

 

Deus nos providenciou a confiança e a segurança para estarmos aptos a conhecer a verdade. O mesmo Deus que nos criou e nos deu a habilidade de nos comunicar, tem também a habilidade de transmitir sua vontade para conosco de modo que possamos entendê-la. Devemos humildemente aceitar a responsabilidade de estudar, entender e obedecer sua revelação.

 

Num mundo desordenado pela dvida e pela confusão religiosa, ns podemos achar esperança nas palavras de Jesus: "E conhecereis a verdade e a verdade vos libertar."

 

Meu caro irmão todos precisamos sempre pedir em nossas orações ao Amoroso e Terno Mestre:

Discernimento e humildade porque sabemos que somos na verdade muito paquenos também muito fracos, portanto passveis de erros.

Que a paz e a harmonia do Mestre Jesus esteja contigo,

Claudio 

 

 

 


Meus caros irmãos " venho humildemente esclarecer que precisamos abrir nossos corações e nos comprometermos tão somente com a Verdade, pois como foi por mim mencionado no Post de 25 Jul 2010 21:00, onde apareço como Visitante e assino com meu prprio nome, Claudio. L est:

Num mundo desordenado pela dvida e pela confusão religiosa, ns podemos achar esperança nas palavras de Jesus: "E conhecereis a verdade e a verdade vos libertar."  Portanto, todos n j passamos em diferentes corpos por aqu em diversos pases e regiões até extintos por pelo menos 80 (oitenta) vezes, sim por aqu j passamos! De acordo com publicações que nos chegam por Ordem e Orientação do Mestre Jesus, cada vez que voltamos para o Plano Espiritual devemos permanecer por l em uma das Colônias existentes por Sobre nossa nação, por no mnimo cem anos,  isto porque é muito grande a quantidade de almas na fila de espera para poder descer para o Mundo Material, para poder aqu conviver com as vicissitudes pesadas da matéria e lutar para que no decorrer da jornada possamos um dia quando voltarmos, de acordo com nossas obras recebermos o que for de nosso direito e merecimento, nem mais nem menos. E h muitos de ns que infelizmente, não terão Leveza Espiritual alcançada para deslocar-se para uma boa Colônia, tal o Peso da Carga Krmica; a então o jeito vai ser ficar vagando por aqu, pois estes não têm Luz alguma que os Identifiqem como portadores do  "Passaporte para a Travessia", que é puramente a Luz de nossas Obras que vai Brilhar em ns, automaticamente, sendo a nica Identificação Reconhecida pelos Laboreiros de Jesus que estão sempre de Prontidão para conduzir-nos aos nossos devidos lugares por merecimento, de acordo com nossas Obras. Deus é Maravilhoso por demais, pois o Amor Dele atravéz de Jesus, nos d infinitas oportunidades de Elevação Espiritual, mesmo quando decados no erro: "E HAVER CHORO E RANGER DE DENTES", E NOS DADA NOVA OPORTUNIDADE DE RESGATE, NÃO ESMOREÇA ESPERE E VOLTE À SENDA... "E RECOMECE SUAS VEDADEIRAS OBRAS!"

"Tu tens a fé, e eu tenho as obras; mostra-me a tua fé sem obras,
e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras." - (Epstola Universal de Tiago, 2:18)

Complementando esse trecho da Epstola Universal de Tiago Menor, é oportuno lembrar a sentença de Jesus Cristo: "A cada um ser dado segundo as suas obras", o que anula a assertiva adotada por algumas religiões de que, aquele que tiver fé e acreditar em Deus e em Jesus, não carece de prece, de frequentar as religiões, de praticar boas obras, de reencarnações e de nada mais para atingir a redenção espiritual, comumente chamada de "Salvação".

O Apstolo Paulo, em sua Primeira Epstola aos Corntios (13:1-3) explicitou: "Ainda que tivesse fé suficiente para transportar montanhas, e não tivesse caridade, isso nada significaria." (Caridade aqui é sinônimo de Boas Obras.)

Tiago Menor é bastante claro, quando diz: "Mostra-me a tua fé sem estar acompanhada de boas obras (o que é nulo), e eu te mostrarei que tenho fé, porque tenho as boas obras (o que é de suma importância).

A fé em Deus e em Jesus Cristo, quando bem direcionada, leva o homem a praticar as boas obras, a fazer caridade, a amar ao prximo como a si mesmo.

O Cristo não disse que as Bem-aventuranças eternas serão dadas segundo a crença, segundo a fé, mas tão-somente segundo as obras.

Contrapondo-se à legenda: "Fora da Igreja não h Salvação", Allan Kardec, judiciosamente, a substituiu por "Fora da Caridade não h Salvação", o que, alis, se tornou um dos lemas do Espiritismo.

O Samaritano da Parbola socorreu, do modo mais amplo possvel, o moribundo que jazia à beira da estrada. Independentemente de ter tido fé ou não, ele praticou uma boa obra, que mereceu o mais franco destaque por parte de Jesus Cristo.

O publicano Zaqueu, ao conhecer o Mestre, sentiu desabrochar dentro de si uma fé robusta, e, de posse dessa fé, praticou uma boa obra: distribuiu metade de sua fortuna aos pobres e ressarciu quatro vezes mais àqueles a quem havia espoliado. Ao dizer-lhe: "Zaqueu, hoje entrou a salvação em tua casa", Jesus não se referiu à fé que havia germinado no coração de Zaqueu, mas à boa obra que ele havia praticado.

Crendo em Deus e em Jesus e praticando os ensinamentos evangélicos, o indivduo faz despontar dentro de si uma fé enorme, que lhe d a necessidade de praticar as boas obras. Por isso, disse Tiago: "Eu te mostrarei a minha fé pelas boas obras que pratiquei."

Quando o Mestre curou a mulher que sofria de um fluxo de sangue, havia doze anos (Marcos, 5:24-34) disse, apenas: "A tua fé te salvou; vai e sê curada deste teu mal." Apesar da imensa fé que aquela mulher nutria em seu coração, Jesus não lhe disse: "Hoje entrou a salvação em teu lar", conforme disse a Zaqueu.

No tocante à Mulher Cananéia (Mateus, 15:21-28), Jesus apenas lhe disse: " mulher! Grande é a tua fé, seja isso feito para contigo como tu desejas, fazendo com que a tua filha fique curada." Mas, também, não disse: "Hoje entrou a salvação em teu lar."

Em ambos estes casos não havia boas obras, mas somente fé. O Apstolo Tiago Menor, no Captulo 2, de sua Epstola Universal, foi bastante enftico no que se referiu ao valor das boas obras; por isso, escreveu:

"Meus irmãos, que aproveitar se alguém disser que tem fé, e não tiver obras? Porventura a fé pode salv-lo?" (Cap. 2:14) "Assim, também a fé, se não tiver obras, é nula em si mesma." (Cap. 2:17)

"Mas, homem, deves saber que a fé sem obras é morta." (Cap. 2:20) "Vedes, portanto, que o homem é justificado pelas obras, e não somente pela fé." (Cap. 2:24)

"Referindo-se ao patriarca, disse Tiago: Bem vês que a fé cooperou com as suas obras, que pelas obras a fé foi aperfeiçoada". (Cap. 2:22)

Face a essas ponderações do Apstolo, fica evidente que não têm consistência as afirmações de algumas teologias de que existem a "Salvação pela Graça".

O que prevalece é a "Salvação pelas obras", ou seja, "Alcançar a redenção espiritual, através da prtica das boas obras".

Caros Irmãos, e quanto as Colônias, todo Planeta habitado sem dvida precisam ter suas Colônias de Diversos Nveis Evolutivos, é muito simples de entender, pois Jesus quando disse:

Meu Reino não é deste Mundo


A Realeza de Jesus


Que não é deste mundo o reino de Jesus todos compreendem, mas, também na Terra não ter ele uma realeza? Nem sempre o ttulo de rei implica o exerccio do poder temporal. D-se esse ttulo, por unânime consenso, a todo aquele que, pelo seu gênio, ascende à primeira plano numa ordem de idéias quaisquer, a todo aquele que domina o seu século e influi sobre o progresso da Humanidade. E nesse sentido que se costuma dizer: o rei ou prncipe dos filsofos, dos artistas, dos poetas, dos escritores, etc. Essa realeza, oriunda do mérito pessoal, consagrada pela posteridade, não revela, muitas vezes, preponderância bem maior do que a que cinge a coroa real? Imperecvel é a primeira, enquanto esta outra é joguete das vicissitudes; as gerações que se sucedem à primeira sempre a bendizem, ao passo que, por vezes, amaldiçoam a outra. Esta, a terrestre, acaba com a vida; a realeza moral se prolonga e mantém o seu poder, governa, sobretudo, aps a morte. Sob esse aspecto não é Jesus mais poderoso rei do que os potentados da Terra? Razão, pois, lhe assistia para dizer a Pilatos, conforme disse: "Sou rei, mas o meu reino não é deste mundo."


Uma Realeza Terrestre


Quem melhor do que eu pode compreender a verdade destas palavras de Nosso Senhor: "O meu reino não é deste mundo"? O orgulho me perdeu na Terra. Quem, pois, compreenderia o nenhum valor dos reinos da Terra, se eu o não compreendia? Que trouxe eu comigo da minha realeza terrena? Nada, absolutamente nada. E, como que para tornar mais terrvel a lição, ela nem sequer me acompanhou até o tmulo! Rainha entre os homens, como rainha julguei que penetrasse no reino dos céus! Que desilusão! Que humilhação, quando, em vez de ser recebida aqui qual soberana, vi acima de mim, mas muito acima, homens que eu julgava insignificantes e aos quais desprezava, por não terem sangue nobre! Oh! como então compreendi a esterilidade das honras e grandezas que com tanta avidez se requestam na Terra!

Para se granjear um lugar neste reino, são necessrias a abnegação, a humildade, a caridade em toda a sua celeste prtica, a benevolência para com todos. Não se vos pergunta o que fostes, nem que posição ocupastes, mas que bem fizestes, quantas lgrimas enxugastes.

Oh! Jesus, tu o disseste, teu reino não é deste mundo, porque é preciso sofrer para chegar ao céu, de onde os degraus de um trono a ninguém aproximam. A ele s conduzem as veredas mais penosas da vida. Procurai-lhe, pois, o caminho, através das urzes e dos espinhos, não por entre as flores.

Correm os homens por alcançar os bens terrestres, como se os houvessem de guardar para sempre. Aqui, porém, todas as ilusões se somem. Cedo se apercebem eles de que apenas apanharam uma sombra e desprezaram os nicos bens reais e duradouros, os nicos que lhes aproveitam na morada celeste, os nicos que lhes podem facultar acesso a esta.

Compadecei-vos dos que não ganharam o reino dos céus; ajudai-os com as vossas preces, porquanto a prece aproxima do Altssimo o homem; é o traço de união entre o céu e a Terra: não o esqueçais. - Uma Rainha de França. (Havre, 1863.)


O Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec – do cap. II (Meu Reino não é deste Mundo).
VEJAM AGORA SOBRE AS MARAVILHOSAS COLÔNIAS QUE EXISTEM EM NVEIS DIVERSOS, QUE RECEBERÃO A TODOS NS, UNS DEPOIS DE MUITO SOFRIMENTO E OUTROS TÃO LOGO SE LIVREM DA PESADA ROUPA CARNAL, "SEJA TE FEITO CONFORME SUAS OBRAS!"
 COLÔNIAS ESPIRITUAIS SOBRE O BRASIL
AS COLÔNIAS ESPIRITUAIS SOBRE O BRASIL SE DESTACAM POR SEREM AS MAIS ANTIGAS SOBRE O PLANETA.
 
AS REGIÕES FSICAS DO BRASIL - MINAS GERAIS- GOIS-MATO GROSSO - PARTE DE SÃO PAULO - SÃO IGUALMENTE - MUITO ANTIGAS E TRAZEM NA SUA SUPERFCIE A MEMRIA DE MILHÕES DE ANOS ATRS.
OBJETIVOS  DO TEMA “COLÔNIAS ESPIRITUAIS":  
PRIMEIRO: EST  ALM DA SIMPLES DESCRIÇÃO DA ROTINA DOS SEUS MORADORES E SUAS TAREFAS.  TEMOS O PROPSITO DE ALERTAR A TODOS COMO EST SE DANDO TAMBM NESTES LUGARES  TODO ESTE MOVIMENTO DE CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE A TRANSIÇÃO PLANETRIA.
SEGUNDO: COMPREENDER QUE ESTAMOS TRATANDO DE COLÔNIAS TERRESTRES QUE ESTÃO DENTRO DA "ATMOSFERA" DA TERRA, HABITADAS POR TERRESTRES MUITO PRESOS AO CARMA PLANETRIO.
A SITUAÇÃO, ROTINA E MISSÃO DOS TEMPLOS DA GRANDE FRATERNIDADE BRANCA MUITO DIFERENTE DA VIBRAÇÃO DAS COLÔNIAS E CIDADES ESPIRITUAIS.
COMENTRIOS INICIAIS
O CONHECIMENTO DA EXISTÊNCIA DE CIDADES ESPIRITUAIS SOMENTE FOI ACEITO, ENTENDIDO AMPLAMENTE - NA NOSSA ERA E NA SOCIEDADE OCIDENTAL - APARTIR DOS GREGOS COM A EXISTÊNCIA DO OLIMPO - A MORADA DOS DEUSES - LOCAL ONDE SERES ESPIRITUAIS VIVIAM, MORAVAM, TRABALHAVAM, SONHAVAM, CONSPIRAVAM. ( A INDIA, CHINA, MAIAS, EGPCIOS TAMBM TINHAM ALGUMA COMPREENSÃO SOBRE A EXISTÊNCIA DE COLÔNIAS ESPIRITUAIS)
ESTA IDIA ORIGINAL, IMPERFEITA  FOI DEPOIS MELHORADA POR SCRATES E PLATÃO.
MAIS RECENTEMENTE, OUTRA IDIA MUITO PLIDA FOI TRAZIDA POR ALLAN KARDEC  NAS RESPOSTAS DOS ESPRITOS - LIVRO DOS ESPRITOS - ONDE SE FALOU DA EXISTÊNCIA DE "ACAMPAMENTOS ESPIRITUAIS”.
H ALGUNS ANOS ATRAVS DE CHICO XAVIER, AS NOÇÕES MAIS DETALHADAS DA ROTINA DAS CIDADES ESPIRITUAIS VIERAM A SER CONHECIDAS E DIVULGADAS.
OUTRAS INFORMAÇÕES DE GRANDE IMPORTÂNCIA FORAM SENDO CONHECIDAS NOS LTIMOS 45 ANOS - NÃO APENAS DAS ATIVIDADES LOCAIS DESTAS COLÔNIAS - CIDADES - MAS DE TODO O CONTEXTO PLANETRIO NESTA TRANSIÇÃO DE ERAS QUE PASSAMOS.
INICIOU-SE TAMBM  UM GRANDE ESFORÇO DA GRANDE FRATERNIDADE BRANCA  JUNTO AOS NOVOS SERVIDORES DE LUZ PLANETRIOS E COMEÇOU A SURGIR UMA IMENSA LITERATURA MUNDIAL SOBRE ESTA REALIDADE.
A VERDADE QUE MILHARES DE COLÔNIAS EXISTEM EM TORNO DA TERRA EM DETERMINADA FAIXA DE VIBRAÇÃO EM TORNO  DE TODO O PLANETA.
QUANDO TRATARMOS DA CIDADE CONHECIDA POR "NOSSO LAR” DIVULGAREMOS DESENHOS QUE ESCLARECERÃO MELHOR A LOCALIZAÇÃO DESSAS CIDADES.


Aqui apontamos para uma das entradas de uma colônia espiritual situada em Peirpolis - prximo da cidade de Uberaba - MG (20 km).
Neste banco Chico Xavier meditava longas horas e por vrias vezes comentou sobre este Portal.

AMIGOS!        
ALGUNS COMENTRIOS MAIS AMPLOS SOBRE COMO ESTE FIM DE ERA AFETA ESTAS COLÔNIAS ESPIRITUAIS AO LONGO DOS MILÊNIOS, SERÃO INCLUDOS POSTERIORMENTE.
NÃO EXISTE APENAS UMA TRANSFORMAÇÃO NA SUPERFCIE DO PLANETA. O APOCALIPSE GLOBAL - FSICO - EMOCIONAL - ASTRAL - ETRICO E DIMENSIONAL.
ASSIM, TUDO... O QUE EST EM TORNO DO PLANETA... SER TRANSFORMADO.
ASSIM, TODAS AS MILHARES DE COLÔNIAS, CIDADES, AGRUPAMENTOS ESPIRITUAIS EM TORNO DA TERRA SERÃO DE UMA FORMA OU OUTRA TAMBM EVACUADOS OU RETIRADOS DAS REAS DE MAIOR TURBULÊNCIA.
Quando falamos sobre O Imperador Inca  , (naquela época em que o Planeta Vivia uma Idade de Ouro)  o contato com as Colônias, Cidades, Templos Espirituais era intenso e livre. Com a vinda de um perodo de escuridão planetria, estes locais de Luz se afastaram das redondezas da rbita terrestre  até que nova oportunidade de ligação com a Humanidade fosse restabelecida.
Temos vivido, nos ltimos anos, novamente este momento de aproximação  das Colônias e dos Templos Planetrios junto ao Planeta para que se desperte com urgência a consciência da Humanidade em face da Transmutação Iminente.
MAS, VOLTAREMOS A ESTE PONTO, EM OUTRA OPORTUNIDADE, SE DEUS QUIZER.

Vamos então,  entrar para conhecer a rotina de uma das mais antigas colônias - hoje - cidade - espiritual do Planeta.
A CIDADE ESPIRITUAL

"ALVORADA NOVA"
Esta cidade possui atualmente mais de 250 mil habitantes e est localizada na quarta camada ao redor da Terra , acima da cidade de Santos - Estado de São Paulo.
uma cidade espiritual criada h mais tempo que a maioria das colônias que permeiam as zonas umbralinas desse Planeta.
Sua existência perde-se de vista em nossos calendrios comuns.
Foi planejada h muitos séculos por aqueles que, sendo os Engenheiros Construtores de Jesus, conhecem a Terra do seu passado longnquo ao seu futuro distante.
O Brasil nem mesmo existia na face do globo e "ALVORADA NOVA" j estava fixando seus alicerces através dos trabalhadores de Cristo que sabiam da destinação do nosso pas, em face da importância da sua localização nas camadas vibratrias ao redor do Planeta.
Participaram no seu crescimento as pessoas conhecidas na Terra pelos nomes de D. Pedro II e Gandhi.

A CHEGADA NA CIDADE ALVORADA NOVA
Ao viajante das estradas sombrias nas camadas densas do mundo espiritual em torno da Terra, SURGIR  aos seus olhos uma Luz. Como um pequeno ponto, ir crescendo dentro de um panorama primitivo e escuro, num brilhante azul.
Superpondo-se ao azul, surge o branco. Este se torna infinitamente maior e j se parece como uma nuvem.
O Branco e o Azul (ver desenho acima) provêm da Cidade Espiritual.
O seu frondoso portão dourado e brilhante traz uma placa com nome da cidade sustentada por esferas luminosas de metal dourado.
O PRDIO PRINCIPAL DE REUNIÕES DOS DIRIGENTES DA COLÔNIA

PALAVRAS DE ABERTURA DE UMA DE SUAS REUNIÕES MENSAIS;
PRINCIPAIS CONSTRUÇÕES (DESENHOS) E FINALIDADES;
OS 02 POSTOS DE SOCORRO DA CIDADE E O TRABALHO DE UM SER CONHECIDO POR "IRMÃ SCHEILLA"
CONTINUA NA 4ª GALERIA EM   
"NOVA ALVORADA II"
AJUDE-NOS  NA DIVULGAÇÃO DO NOSSO SITE!
http://web.prover.com.br/nonimato/index.htm
ASSIM VOCÊ EST COLABORANDO COM ESTE PEQUENO ESFORÇO DE DIVULGAÇÃO DAS MENSAGENS ESPIRITUAIS  DA GRANDE FRATERNIDADE BRANCA PARA NOSSA ERA.

MUITO OBRIGADO!

CAROS IRMÃOS, A DIVINDADE EM INFINITA BONDADE E AMOR NOS PROPORCIONA HOJE ATRAVS DA TECNOLOGIA E DA WEB QUE ENCONTREMOS ARTIGOS E LIVROS DA BOA NOVA COM A MAIOR FACILIDADE; COM GRANDE ALEGRIA QUE PESQUISEI E LHES ENVIO ESTA MARAVILHOSA MATRIA!

QUE A PAZ E A HARMONIA DO MESTRE JESUS ESTEJA COM TODOS

Claudio


Caros irmãos, mais uma vez, peço licença para mostrar-lhes alguns detalhes e a descrição sobre a Colônia "Alvorada Nova":

Colonia Alvorada Nova

A Colônia possui forma circular.  O Campo Vibratrio manifesta a imagem de uma imensa estrela  de oito pontas.

No mapa abaixo com os principais prédios. Vamos fazer um "tour"  apartir do Portão de entrada. Como dissemos em outra pgina, para aquele que se encontra perdido no mundo espiritual a primeira visão da colônia é a de uma imensa Luz na escuridão. Aos poucos se destacam o branco e o azul como numa nuvem e ao se aproximar é que se ver que al existe uma grande comunidade  .

Convidamos você a entrar conosco mentalmente e - quem sabe não iremos visitar ou morar neste lugar algum dia por algum tempo? !

Vamos então entrar :


Portão Principal  (P)

Ligado ao Portão principal est um grande muro de 15 metros de altura, maciço que emite uma potente vibração magnética de proteção. Sobre este muro estão Torres de 10 metros de altura de forma cônica que é operado por espritos guardiães.

Oito construções da Colônia possuem Torres com  pontas de Estrelas .  As Torres destas oito construções são ligadas por fluxos magnéticos e formam o desenho de uma estrela de oito pontas: verdes as que partem do Prédio Central; Azus as que formam o quadrado e brancas as que foram a estrela.

Você que j leu a pgina da Nova Matriz da Terra, compreender melhor o papel dos campos magnéticos e sua importância numa colônia de trabalhadores da Luz numa região vibrações espirituais inferiores do mundo astral.


Aps a entrada pelo Portão você ver ao Centro o Prédio Principal e demais prédios comoest descrito abaixo.:

DISPOSIÇÕES DAS CONSTRUÇÕES NA COLÔNIA

 


LETRA APRDIO CENTRAL
LETRA BUNIDADE DA DIVINA ELEVAÇÃO
LETRA CBOSQUE DA ALIMENTAÇÃO
LETRA DNCLEOS ESPIRITUAIS DE DESENVOLVIMENTO
LETRA ECOORDENADORIAS ESPECIALIZADAS
LETRA FBOSQUE DA NATUREZA DIVINA
LETRA GPRAÇA CENTRAL
LETRA HRECANTO DA PAZ
LETRA I CASA DE REPOUSO / HOSPITAL DA IRMÃ SCHEILLA
LETRA JCASA DA CRIANÇA
LETRA KCENTRO DE APRENDIZAGEM
LETRA LCASA DA JUSTIÇA
LETRA MMURO PROTETOR
LETRA NTORRES DE DEFESA E HIGIENIZAÇÃO
LETRA OSETORES HABITACIONAIS
LETRA PPORTÃO PRINCIPAL

 

PRDIO CENTRAL

DESENHO VER NO FINAL DA   PGINA 7.14

No ltimo andar realizam-se as reuniões mensais . As paredes são formadas de cristais e a Luz da colônia passam por eles . Uma grande mesa  e ao fundo estantes com centenas de livros. Nesta sala , ao fundo, esttuas de semblantes diversos ond figuram a dos espritos dos seres por ns conhecidos pelos nomes de D. Pedro II e Gandhi..

São 42 Conselheiros, trajando uma vestimenta simples azul clara. A reunião é aberta por um dos Secretrios. Citaremos alguns trechos da  Abertura de uma dessas Reuniões Mensais.:

"Possa Jesus, nosso amado Mestre, abençoar o Encontro desse mês, dentro de Sua providencial sabedoria e magnânima bondade. Meus companheiros do Conselho, temos hoje importante projeto a discutir: vamos colocar em pauta as novas técnicas de alimentação na colônia e novos processos de fomentar a produção de frutos. Discutiremos ainda os projetos apresentados pelo setor de Medicina para implantação de novo soro, especialmente extrado do mel vegetal, no trabalho com os doentes internados na Casa de Repouso. A Pauta incluir também, por fim, os pedidos e os requerimentos de vrios habitantes desta colônia..."

A atual coordenação desta colônia est a cargo atualmente de um ser conhecido por Cairbar Schutel. Neste trecho inicial da reunião est apenas alguns do temas bsicos de discussão. Mas também se coloca para avaliação dezenas de outras situações que sempre ocorrem nas Colônias espirituais tais como transportes; instalação de aparelhos, autorização de visitas a Espritos em estgio fora da Colônia ou a terrestres encarnados.




CASA DE REPOUSO é O HOSPITAL desta cidade espiritual e o seu mais importante setor.  Compreende um trabalho muito amplo desenvolvido por Scheilla que coordena 14 equipes cujos coordenadores formam o Conselho da Casa de Repouso.

Existe um grande integração dos trabalhos dos seres espirituais deste Hospital com dezenas ou centenas de organizações fsicas na Terra . Existem nestes grupos os Grupos de Resgate tanto no mundo espiritual quanto no mundo material nos casos j citados para os diversos eventos cataclismticos que ocorrerão.

Este prédio é revestido de um material que parece cristal, mas por dentro o material é opaco em muitas salas, pois os pacientes não estão preparados para suportar o brilho da luz que envolve a colônia.

O Prédio tem oito andares e é o local onde são recebidos os espritos resgatados pelos Postos de Socorro.  Este Serviço de Resgate é feito por uma equipe de seres conhecidos por ns como India.

Assim que chega ao hospital, dependendo das condições do ser, quase sempre lamentveis, ele é trazido para um leito da Unidade de Recepção do Hospital.

LEITO DE TERAPIA DA UNIDADE DE RECEPÇÃO DA CASA DE REPOUSO


Descrição da Finalidade desse Leito.: Este leito    fica localizado numa sala com pouca luminosidade para não ferir a sensibilidade dos enfermos recém-chegados. H biombos que separam uma série de leitos sobre as quais, dependendo da necessidade do paciente existe uma luz que possui tripla ação.: alimenta com energia a entidade que se recusa a fazê-lo por vias orais; acalma o ser, variando a tonalidade de acordo com o estado psquico; e medica o enfermo, preparando-o para os remédios que serão ministrados durante o tratamento .

Estes leitos serão um dia usados na Medicina da Terra. Por onde deita o paciente h um colchão de ar e, abaixo destes, h espelhos que refletem a luz que perpassa o indivduo.


PRDIO ONDE ESTÃO A ADMINSTRAÇÃO DAS 8 PRINCIPAIS ATIVIDADES INTERNAS DA COLÔNIA- letra D

"NCLEOS ESPIRITUAIS DE DESENVOLVIMENTO"


Este PRDIO (letra D) concentra  um grande complexo com as atividades abaixo.:

 


1-AdministraçãoAperfeiçoamento da adminsitração da Colônia.
2-EnergiaFormas de Energia que sustentam e Defendem a Colônia. As Torres distribuem a energia.
3-Medicina EspiritualAperfeiçoamento Médico - estudos - tratamentos e cirurgias dos habitantes. Novas Formas.
4-Casa da CriançaCuida do bem estar das crianças. H um prédio s para as crianças
5-DoutrinaEducação dos seres que passam pela Colônia
6-AlimentaçãoCuida da Alimentação prpria de cada setor.
7-LazerCria Programas para os momentos de descanso dos habitantes, trabalhadores e pacientes.
8-Serviços GeraisProjetos de aperfeiçoamentos em diversas reas como transporte interno e externo da colônia.

 

Estes Comentrios são gerais e não h como descrever particularidades.Mas este prédio é como que de planejamento e estudos das atividades que serão feitas em outros setores. Por exemplo, no caso do Setor de Serviços Gerais, como dissemos, h grandes equipes de resgate de Seres no Plano astral que utilizam  veculos de transporte prprio.

Neste caso, vamos tratar separadamente do Tema sobre os POSTOS DE SOCORRO QUE EXISTEM nas regiões do Plano Astral da Terra e que são como que POSTOS AVANÇADOS na escuridão do denso plano que envolve o Planeta.

VEJA CONTINUAÇÃO : OUTRAS CONSTRUÇÕES E PRDIOS DESTA

Devo ressaltar que usando o método copiar/colar, não sei se chegar até vocês os detalhes desenhados dos Prédios Diversos desta Colônia.

Que a Paz e Harmonia do nosso Grandioso Mestre Jesus esteja convosco!

Claudio


Cara irmã  Renovar, postou  Em : 21 Mar 2010 12:53 comentrios sobre as Obras onde são citadas as Colônias Espirituais. Achei sua disssertação muito elucidativa e conveniente, muito obrigado por este material de tão belo valor. 

Muito obrigado por sua manifestação;

Que a Paz e a Harmonia de Jesus esteja contigo


Ao  prezado irmão que assina renovar. Gostaria de saber qual é a SUA VERDADE. Jesus não nos quer citando a verdade de outros. Não mesmo à dele. Ele quer quea descubramos por ns mesmos. Não faça como membros de outras doutrinas ou de assemelhadas que conhecem a bblia "ipsis litteris" e nada sabem da verdade. "Intru-vos!"  o lema da nossa doutrina esprita que é, segundo Kardec,  antes de ser uma religião, uma ciência. Medite! Reflita! Estude! E conclua por uma verdade s sua.


Ol,

Tive informações da existência de uma colônia espiritual denominada Aurora (ou Casa da Aurora, não sei ao certo), que se situa sobre a cidade de Ribeirão Preto/SP.

Adoraria ter maiores informações sobre essa colônia, bem como saber como pesquisar sobre ela.

Algum de vocês j escutou falar dessa colônia? Possui maiores informações?

Agradeço desde j, Paz e Bem a todos.


Eu o respeito muito, Cludio.  E defendo e defenderei , parafraseando Voltaire , o vosso direito de dizê-lo. Porém, afirmo e reafirmo, esprito é esprito e tem necessidades espirituais.  O conforto material  é necessidade do esprito encarnado.  Esprito é luz. Pouca ou muita, dependendo do seu procedimento  enquanto encarnado.  Se tem pouca luz vive pelos mundos- h bilhôes ou trilhões pelo universo imenso- a sugar a luz dos encarnados  deixando-os debilitados. Por isto, temos que fortalecer os nossos espritos  para que não percam a sua luz  para os espritos desesperados. Como? Praticando o amor em toda a sua plenitude e fazendo o bem sem olhar a quem. Jesus disse que seremos julgados pelos nossos  atos e não adianta ficar a orar com falsidade. aqui, a colônia espiritual. Aqui, encarnados , desenvolvemos ou não. Aqui cuidamos dos nossos prprios males. Não espere desencarnar e viver  as mordomias das "Colônias Espirituais".  Cuide-se!


Amigos, amadas Almas encarnadas - nem imaginem quanto -. SIM. Sem raça sem cor sem credo sem religião, ricos e pobres doentes e sãos, são  TODOS co-criadores de suas venturas, ou de suas desventuras. Co-criadores inclusive, de colônias espirituais. Em verdade, mantenham-se focados neste objetivo, e terão num belo e breve dia, a belssima surpresa de suas co-criações. Tende fé ao lembrar-se que Fé, é curtir por antecipação. Vosso eterno irmão de sempre, Furulim.


Um fato sobre as colônias espirituais é a prpria vida no planeta. Existem vrias comunidades onde somos conhecidos e nos relacionamos. As cidades, estados pases e continentes, com infinitos povoados de diferentes raças, linguas e costumes num s mundo isolado pela deficiência humana. Imagine o universo infinito. Somos humanos dotados de uma espécie de esprito, num grau da imensa escala universal. O que importa não é ser medido pelo tamanho da grandeza e sim pela consciência que mostra o que nos envolve. Estamos caminhando todos juntos com as mesmas condições para a eterna evolução. Cabe ao nosso livre arbtrio caprichar ou relaxar.

Murillo.


Sim, a colonia espiritual Aurora foi fundada por franceses no seculo 14. uma cidade onde os espiritos que l habitam se distinguem pelos dons da msica,literatura,belas artes e medicina. Mas,caro visitante,onde ouviu falar sobre ela.


sim,a colonia Aurora,acima de Ribeirão Preto abriga os espiritos ligados as belas artes,a literatura,e medicina . Foi criada por espiritos oriundos de encarnações na França.

Temos que realmente evoluir, e para tanto temos que saber, ler, escutar, acolher, receber e estar aberto a tudo, por mais diferente que possa ser, até possuirmos condições para discernir o que podemos crer. Mesmo assim é bom não deixarmos a humildade e o bom senso se afastar de nossas buscas, palavras e opiniões!

Um pouco mais de simplicidade e humildade ir nos beneficiar nesta trajetria! Cuidado com a caridade da lngua e do silencio!

 


Boa tarde, paz a todos!

Venho aquina condição de leiga falar sobre uma colônia a qul fui guiada por uma mentora mulher nesta madrugada mais ou menos as 03:15 am completamente consiente, um lugar ao qual vistei pessoas conhecidas e muito prximo e somente o que eu lembro é um nome, o nome da cidade Oxix ou Oxis não sei escrever ao certo. Para mim foi um presente j que tive em completa consiencia e acordei e retornei para esta cidade, sendo auxiliada por uma mentora que agora não recordo-me o nome.

Gostaria de saber de pessoas estudiosas e que j se aprofundaram mais aos estudos espiritualistas se sabem mais alguns detalhes desta cidade ou colônia a qual tive o privilégio de visitar e estudar e auxiliar. L existiam muitos seres, não sei se eram encarnados ou não e animais sendo tratados...enfim é o que me recordo com segurança. Vim pesquisar e achei este site, se alguém puder me ajudar eu agradeço.

Luz para todos! 


Ol. Tenho 39 anos e vivo com uma pessoa h 10 anos, mas estou frequentemente me apaixonando por outras pessoas, ainda que não haja envolvimento de fato. J tive um caso com um colega de serviço por três anos. Acreditava estar amando, mas sempre tive a consciência pesada por isso e acabei com este relacionamento, muito embora esta pessoa ainda goste de mim. J não sinto mais nada por esta pessoa e, hoje não sei o que fazer para tirar da cabeça um outro rapaz, 10 anos mais novo que eu, que j demontrou corresponder ao meu sentimento, mesmo não tendo havido nenhum envolvimento maior, mas, como j disse, não posso e nem quero levar isso adiante. Espiritualmente não consigo entender meu problema. Eu gostaria de ser, efetivamente, apaixonada por meu companheiro. O que pode ser que acontece comigo?


O flme sobre a vida da do Chico foi um sucesso. Quem fez ganhou muto dinheiro. Tenho a impressão  que a Rede Globo est envolvida. Não a condeno. Afinal, vivemos num sistema capitalista e é justo que as empresas busquem o  lucro onde estiver. Terão sido fiéis  à biografia   do Chico? Não. Seguramente, não. Ele foi alvo de um escândalo provocado pelos seus inimigos ( e ele os tinha) que envolveu um certo sobrinho. Não foi a expulsão de casa por causa dos fiéis. Sejamos fiéis à verdade. O motivo foi o mesmo que usam muitas famlias para expulsarem os indesejves de casa. E todos j imaginam  que tipo de indesejvel que Chico era. Eu não vejo , neste preconceito, como todos, nenhum mérito. Mas, o sobrinho, por questão de dinheiro,muito mais que 30 m0edas, deu uma entrevista a jornal sensacionalista, falando sobre a vida ntima de Chico Xavier. Eu era um rapazola. Fiquei chocado porque Chico não era da minha igreja, mas, por mim, merecia  todo o respeito. Deve ter sido uma grande mentira. Mas, por que Chco não a refutou? Por que se calou?  Porém, verdade ou não, ele foi para Uberaba, na calada da noite depois de algum tempo, ressurgiu. E fez uma obra brilhante.  Não gostei sobre o episdio do "Pinga Fogo". Não foi mostrado quando ele elogiou o ditador da época, talvez o pior, com o AI-5 em vigor, que dava a policiais o poder de vda ou morte sobre quem eles achavam suspeitos de subversão. Naquele momento que ele era entrevstado, quantos morriam sob tortura nos porões clandestinos ou no prprio DOPS? Jesus fo brbaramente torturado mas, em silêncio. Não bajulou ou entregou ninguém.Foi chamado de subversivo e não negou. Calou-se. O meu Mestre é Jesus.

Agora lançam o filme "Novo Lar". O livro é recordista de vendagem, n o gênero. Não é esprita kardecista. Não é cristão. xavierista. Não sou. Não vou ver.


VIDA APS VIDA! ESPERANÇA PARA NS, E NOS CONFORTA NOS MOMENTOS DA PERDA DE ENTRES QUERIDOS. COMUNICAR-SE COM ENTES QUE J SE FORAM GRATIFICANTE PARA QUEM FICA AT CUMPRIR SUA MISSÃO.
OBRIGADO
MARGARIDA CIPRIANO


Nem tudo eu sei. Talvez saiba até muito pouco, embora tenha estudado muito. Gostaria que, quem possa ou tenha paciência, possa me explicar como , nas "Colônias Espirituais" , além de satisfazer  às necessidades fsicase materiais, os espritosprecisam até de roupas elegantes, exceto os que estão além do Umbral. Pobres coitados! Têm nariz, boca, orelha, pernas, enfim são pessoas que tem membros que s os encarnados precisam. Espirito é LUZ!!! o O Alamar , da RedeEsp´pirita de Televisão, com propriedade, dizque são espiritlicos os que misturam as duas doutrinas. Se não consegue se libertar dos cones catlicos porque não voltaparal? Asduas doutrinass tem em comum o amor a Jesus.Nada mais. Sejam fiéis!!! A idolatriaàMaria não é espirita!!!O espritode Maria é igual ao seu, ao meu, ao de todo mundo!Os dos "santos" também. Jesus disse:"todossão iguais perante ao Pai".


Eu j ouvi falar da colônia espiritual Eldorado ou Eudorado ou El Dorado.

 


Algumas palavras do Cladio, foram retiradas de um site esotérico; j o nosso amigo "visitante", deveria estudar melhor a vasta biblioteca esprita para entender... E o nosso Irmão Angelo não acredita em Colônias Espirituais s porque "foi" Comunista? Não aceita que l também tem uma espécie de moeda corrente, que são os "bônus-hora".

Pessoal, vamos estudar mais e melhor, os ensinamentos de nosso mestre Jesus Cristo e a Doutrina do Consolador: O ESPIRITISMO; à qual viria posterior a vinda do Cristo, como disse o prprio Messias.


O nosso irmão "visitante" deve se instruir mais. Eu j li obras que abomino s para o formar opinião.Li livros sobre feitiçaria, sodomia, masoquismo e sadismo. J li o "Minha Luta" de Hitler! Li outros livros fascistas. Recomendo-lhe que leia o Manifesto Comunista de Karl Marx.Ficar surpreso ou surpresa quando perceber que a igualdade pregada muito se parece com a igualdade que Jesus pregou e por isto foi torturado e crucificado. Pregar a Justiça Social sempre foi muito perigoso. Eu , apesar de pouco significar, estive sob ameaça muito tempo. Talvez ainda esteja. H pensadores cristãos que fazem a analogia do cristiansmo sob a tica do comunismo.Kardec colide radicalmente com Cristo quanto ao misticismo. Kardec foi ateu até desencarnar. Eu , convertido por Jesus, sou cristão, e sou socialista também porque prego que somos iguais e temos igual direito a tudo que Deus colocou sobre a terra. Sou contra a exploração do homem pelo homem e acho que o trabalho deve ser pago de acordo com o seu valor braçal ou técnico. Marx disse" A cada um de acordo com as suas necessidades, de cada um de acordo com as suas possibilidades". Isto é cristão, ou não é? Marx não quis reconhecer, mas, ele era talvez mais cristão do que eu. Se é possvel. Estude o evangelho mais profundamente e estude o marxismo. H muita coisa em COMUM.


QUERIDOS OUVI ALGUMA COISA SOBRE UMA COLONIA ESPIRITUAL SOBRE A CIDADE DO PRATA-MG, GOSTARIA DE SABER O NOME DESSA CIDADE, PARECE QUE O NOME DE UMA FLOR, MAS NÃO CONSIGO ME LEMBRAR. OUVI TAMBM QUE A MAIORIA DOS MORADORES DA REGIÃO CENTROESTE DO BRASIL VEM DE L.TEM ALGUM TPICO SOBRE ISSO? ESTOU CURIOZISSIMA. ADELAIDE - RIOLÂNDIA-SP.


H histrias e estrias. Escolha a que lhe convier. Quem sou eu para pretender mudar oseu pensamento, se for bom. Outro dia, na FEIG-BH, Casa Esprita que eu frequento, alguém colocou a discussão sobrea condição de REI de Jesus. Quando herodes peguntou a Jesus se ele era Rei, o que respondeu? "Tu o disseste".Jesus nunca se apresentou como Rei. Este era apenas um ttulo dado aos chefes de governo nos sistemas polticos que existiam naquela época. Ele era o Esprito Divino. Muito mais do que um simples Rei.Hoje, com a democracia , são chefes de governo, reis, presidentes, primeiros ministros, ditadores. Estes ltimos ainda uma fraqueza da democracia propriamente dita. Nobreza, sangue-azul, são coisas mundanas e etéreas.


Ol, Quem bom ter a confirmação da existência da colônia Aurora! Somente hoje vi as respostas. Podem me indicar onde ler sobre ela? Como souberam as informações repassadas? Quero ler a bibliografia que cita a Aurora!! Agradeço muito, muito. Deus abençõe a todos.


Caros irmos, a partir de 30/10/10 novo sistema de comentarios.

 
 [?] Visitas: 373219
Comentrios: 42
Envio: 8 Mai 2006 21:53

Questo:
A prece repele o mal que nos desejam
A prece repele o mal que nos desejam
 [?] Visitas: 113856
Comentrios: 127
Envio: 21 Fev 2006 15:20

Questo:
Cirurgia Espiritual
Cirurgia Espiritual
 [?] Visitas: 334690
Comentrios: 2
Envio: 2003-11-23 22:34:19

Questo:
Vontades Terrenas
Vontades Terrenas
 [?] Visitas: 334041
Comentrios: 18
Envio: 2003-10-19 10:33:32

Questo:
Quem somos, de onde viemos e para onde vamos?
Quem somos, de onde viemos e para onde vamos?
 [?] Visitas: 326729
Comentrios: 15
Envio: 24 Fev 2006 17:27

Questo:
Pena de Morte
Pena de Morte
 [?] Visitas: 327096
Comentrios: 5
Envio: 2003-12-21 21:48:43

Questo:
E para ns, onde Jesus nasceu?
E para ns, onde Jesus nasceu?
 [?] Visitas: 456810
Comentrios: 90
Envio: 2003-11-09 18:28:01

Questo:
Prece um Suicida
Prece um Suicida
 [?] Visitas: 409243
Comentrios: 65
Envio: 2003-10-09 21:20:01

Questo:
O que so e aonde esto as Colonias Espirituais?
O que so e aonde esto as Colonias Espirituais?
 [?] Visitas: 621582
Comentrios: 118
Envio: 2003-05-29 20:59:50

Questo:
Medicina Espiritual
Medicina Espiritual