O LIVRO DOS MÉDIUNS

OU GUIA DOS MÉDIUNS E DOS EVOCADORES

Contendo o ensinamento especial dos Espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações, os meios de comunicação com o Mundo Invisível, o desenvolvimento da mediunidade, as dificuldades e os escolhos que se podem encontrar na prática do Espiritismo.

em continuação de O LIVRO DOS ESPÍRITOS por ALLAN KARDEC

Título do original: LE LIVRE DES MÉDIUMS - 31a edição francesa



ÍNDICE GERAL
 
PRIMEIRA PARTE - NOÇÕES PRELIMINARES
 
CAP. I. – HÁ ESPÍRITOS

464
CAP. II. – O MARAVILHOSO E O SOBRENATURAL

471
CAP. III. – MÉTODO
Maneira de proceder com os materialistas. Materialistas por sistemas e materialistas por falta de melhor. Incrédulos por ignorância, por má vontade, por interesse e má fé, por pusilanimidade, por escrúpulos religiosos, por decepções. – Três classes de espíritas: espíritas experimentadores, espíritas imperfeitos, espíritas cristãos ou verdadeiros espíritas. –Ordem nos estudos espíritas

481
CAP. IV. – SISTEMAS
Exame das diferentes maneiras de se encarar o Espiritismo. – Sistemas negativos: o charlatanismo, a loucura, a alucinação, o músculo estalante, as causas físicas, o reflexo. – Sistemas afirmativos: sistema da alma coletiva; sistema de alma coletiva; sistema sonambúlico, pessimista, diabólico ou demoníaco, otimista, uniespírita ou monoespírita, multiespírita ou poliespírita; sistema da alma material

494
SEGUNDA PARTE - DAS MANIFESTAÇÕES ESPÍRITAS
 
CAP. I. – AÇÃO DOS ESPÍRITOS SOBRE A MATÉRIA

513
CAP. II. – MANIFESTAÇÕES FÍSICAS. – MESAS GIRANTES

520
CAP. III – MANIFESTAÇÕES INTELIGENTES

524
CAP. IV. – TEORIA DAS MANIFESTAÇÕES FÍSICAS.
Movimento e suspensões. – Ruídos. – Aumento e diminuição de peso dos corpos

528
CAP. V. – MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS.
Ruídos, barulhos e perturbações. – Lançamento de objetos. – Fenômeno dos transportes. – Dissertação de um Espírito sobre os transportes

542
CAP. VI. – MANIFESTAÇÕES VISUAIS.
Perguntas sobre as aparições. – Ensaio teórico sobre as aparições.– Espíritos glóbulos. – Teoria da alucinação

566
CAP. VII. – BICORPOREIDADE E TRANSFIGURAÇÃO.
Aparições do Espírito dos vivos. – Homens duplos. – Santo Alfonso de Liguori e Santo Antônio de Pádua. – Vespasiano. – Transfiguração. – Invisibilidade

587
CAP. VIII. – LABORATÓRIO DO MUNDO INVISÍVEL.
Vestuários dos Espíritos. – Formação espontânea de objetos tangíveis. – Modificação das propriedades da matéria. – Ação magnética curativa

597
CAP. IX. – DOS LUGARES ASSOMBRADOS

606
CAP. X. – NATUREZA DAS COMUNICAÇÕES.
Comunicações grosseiras, frívolas, sérias ou instrutivas

612
CAP. XI. – SEMATOLOGIA E TIPTOLOGIA
Linguagem dos sinais e das pancadas. – Tiptologia alfabética

616
CAP. XII. – PNEUMATOGRAFIA OU ESCRITA DIRETA. – PNEUMATOFONIA. – Escrita direta

622
CAP. XIII. – PSICOGRAFIA
Psicografia indireta: cestas e pranchetas. – Psicografia direta ou manual

628
CAP. XIV. – DOS MÉDIUNS
Médiuns de efeitos físicos. – Pessoas elétricas. – Médiuns sensitivos ou impressionáveis. – Médiuns audientes. – Médiuns falantes. – Médiuns videntes. – Médiuns sonâmbulos. – Médiuns curadores. – Médiuns pneumatógrafos

633
CAP. XV. – MÉDIUNS ESCREVENTES OU PSICÓGRAFOS
Médiuns mecânicos, intuitivos, semi-mecânicos, inspirados ou involuntários; de pressentimentos

649
CAP. XVI. MÉDIUNS ESPECIAIS
Aptidões especiais dos médiuns. – Quatro sinótico das diferentes variedades de médiuns

655
CAP. XVII. – FORMAÇÃO DOS MÉDIUNS
Desenvolvimento da mediunidade. – Mudança de caligrafia. – Perda e suspensão da mediunidade

674
CAP. XVIII. – INCONVENIENTES E PERIGOS DA MEDIUNIDADE
Influência do exercício da mediunidade sobre a saúde. – Idem sobre o cérebro. – Idem sobre as crianças

691
CAP. XIX. – PAPEL DO MÉDIUM NAS COMUNICAÇÕES ESPÍRITAS
Influência do Espírito pessoal do médium. – Sistema dos médiuns inertes. – Aptidão de certos médiuns para as coisas que não conhecem: as línguas, a música, o desenho. – Dissertação de um Espírito sobre o papel dos médiuns

695
CAP. XX. – INFLUÊNCIA MORAL DO MÉDIUM
Questões diversas. – Dissertação de um Espírito sobre a influência moral

709
CAP. XXI. – INFLUÊNCIA DO MEIO

719
CAP. XXII. – DA MEDIUNIDADE ENTRE OS ANIMAIS

722
CAP. XXIII. – DA OBSESSÃO
Obsessão simples. – Fascinação. – Subjugação. – Causas da obsessão. – Meio de combatê-la

729
CAP. XXIV. – IDENTIDADE DOS ESPÍRITOS
Provas possíveis de identidade. – Distinção dos bons e dos maus Espíritos. – Perguntas sobre a natureza e a identidade dos Espíritos

746
CAP. XXV. – DAS EVOCAÇÕES
Considerações gerais.– Espíritos que se podem evocar. – Linguagem a manter com os Espíritos – Utilidade das evocações particulares. – Perguntas sobre as evocações. – Evocações de animais. – Evocação de pessoas vivas. – Telegrafia humana

768
CAP. XXVI. – PERGUNTAS QUE SE PODEM DIRIGIR AOS ESPÍRITOS
Observações preliminares. – Perguntas simpáticas ou antipáticas aos Espíritos. – Perguntas sobre o futuro. – Sobre as existências passadas e futuras. – Sobre os interesses morais e materiais. – Sobre a sorte dos Espíritos. – Sobre a saúde. Sobre as invenções e descobertas. – Sobre os tesouros ocultos. – Sobre os outros mundos

798
CAP. XXVII. – DAS CONTRADIÇÕES E DAS MISTIFICAÇÕES

816
CAP. XXVIII. – CHARLATANISMO E PRESDIGITAÇÃO
Médiuns interesseiros – Fraudes espíritas

827
CAP. XXIX. – REUNÕES E SOCIEDADES ESPÍRITAS
Das reuniões em geral. – Das sociedades propriamente ditas. – Assuntos de estudo. – Rivalidade entre as sociedades

839
CAP. XXX. – REGULAMENTO DA SOCIEDADE PARISIENSE DE ESTUDOS ESPÍRITAS

860
CAP. XXXI. – DISSERTAÇÕES ESPÍRITAS
Sobre o Espiritismo. – Sobre os médiuns. – Sobre as sociedades espíritas. – Comunicações apócrifas

869
CAP. XXXII. – VOCABULÁRIO ESPÍRITA 900